NotíciasPolítica

Câmara votará projeto que proíbe estacionamento das 24h às 6h na Rua José de Alencar e na Avenida Júlio de Castilhos

Pontos atingidos pela proposta ficam localizados nas partes das vias onde ocorrem casos de aglomerações

Teve entrada na Câmara de Vereadores de Veranópolis, na sessão da segunda-feira, dia 02 de agosto, a Proposição n.º126/2021, que dispõe sobre a instalação de placas de trânsito de proibido estacionar das 24h às 6h, na Rua José de Alencar, e na Avenida Júlio de Castilhos, desde o Pórtico da Maçã até o final do estacionamento da Frutimar, em ambos os lados da Avenida.

O indicação foi de autoria das vereadoras Adriane Maria Parise, Mara Lourdes Garib Guzzo e Maria de Lourdes Gregol, todas do MDB. Segundo a justificativa presente na proposta, o projeto se coloca necessário para garantir o sossego e o respeito as medidas sanitárias no município.

– As intensas aglomerações que ocorrem na Avenida, entre as proximidades do Pórtico da Maçã, vêm causando intensas perturbações durante a madrugada, principalmente após o fechamento dos bares, desrespeitando inclusive as regras sanitárias para contenção do coronavírus – justificam as autoras do projeto.

A medida será analisada pelas Comissões e será votado na próxima sessão. Caso aprovada, será encaminhada ao Executivo Municipal.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. Entendo que a pandemia nos obriga a mudar nossa percepção de risco e a tomar medidas excepcionais para sua contenção. Porém, gostaria de lembrar que todos nós já fomos jovens e devemos compreender a necessidade dos jovens em se relacionar, conversar, etc.
    O problema deste caso não é o estacionamento, é a aglomeração. Quem acha que proibir o estacionamento naquele trecho vai coibir a aglomeração é, no mínimo, tolo. Toda proibição gera uma reação. E a reação lógica é a transferência dos jovens para outro local.
    Eu torço que o novo local seja em Veranópolis, pois se for para outras cidades, como Nova Prata ou Bento Gonçalves, teremos nas nossas mãos a ação que decidiu por eles passarem as madrugadas na estrada. E onde ficou a nossa percepção de risco?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios