Empresa encerra atividades na Região Celeiro e demite centenas de trabalhadores

A maior empresa de Crissiumal, a Malu Calçados, encerrou suas atividades nessa segunda-feira (23/01).

A informação foi confirmada pela empresa durante a tarde, quando a diretora da empresa Bárbara Enzweiler Moutinho informou a Administração Municipal.

A empresa esteve instalada em Crissiumal durante 14 anos. Segundo a empresa a decisão se deve ao fato da mesma se desligar do ramo calçadista. Os direitos trabalhistas serão pagos aos trabalhadores em parcela única na próxima sexta-feira.

“A Administração Municipal irá dedicar todos os seus esforços a partir deste momento para buscar uma nova empresa que possa gerar e manter esses tão necessários empregos para os nossos munícipes”, destacou a prefeitura em suas redes sociais.

A Malu Calçados chegou a empregar 500 pessoas na indústria de Crissiumal no ano de 2022, e inclusive havia anunciado projeto de aumento dos negócios em 25% na unidade, durante as comemorações de 50 anos do Grupo Minuano.

Seu fechamento irá impactar de forma bastante significativa a cidade.

Informações Guia Crissiumal

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Um Comentário

  1. Infelizmente um dos estados mais inteligentes do Brasil, teve que fechar as portas por conta dos bu__s que fizem o “L”
    Espero que essa onda não bata aqui em Veranópolis…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Podemos exibir anúncios para você?

Parece que você está usando um bloqueador. A exibição de conteúdo publicitário contribui para fazer a informação chegar a você, de forma fácil e gratuita. Por favor, libere a exibição de anúncios para liberar a visualização da notícia.