Geral

Vereador de Porto Alegre recusa-se a cantar o hino rio-grandense por considerá-lo racista

Segundo o Repórter Farroupilha Giovani Grizotti, o vereador de Porto Alegre Matheus Gomes (PSol) se recusou a cantar o hino do Rio Grande, em sua posse, por considerá-lo racista. Os integrantes da bancada negra também não se levantaram durante a execução.

“Nós, como bancada negra, pela primeira vez na história da Câmara de Vereadores, talvez a maioria daqui que já exerceram outros mandatos não estejam acostumados com a nossa presença, não temos obrigação nenhuma de cantar um verso que diz: ‘povo que não tem virtude acaba por ser escravo’, disse.

Confira a declaração do vereador

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios