Análises confirmam a causa da morte de 280 colmeias de abelhas na microrregião

Uso do inseticida Fipronil é apontado como a causa. Polícia Civil investiga os casos

A partir do mês de agosto foi registrada expressiva morte de abelhas em Veranópolis e municípios da microrregião, como Cotiporã e Fagundes Varela. De acordo com o veterinário da Inspetoria de Defesa Agropecuária de Veranópolis, Ivan Wetzel, foram atingidas cerca de 280 colmeias, considerando que cada uma delas pode abrigar cerca de 50 mil abelhas.

Já com a suspeita das mortes estarem relacionadas ao uso irregular de inseticidas, foram recolhidas amostras. Os resultados de três análises laboratoriais chegaram nos últimos dias e eles confirmaram o uso de inseticidas como causador das mortalidades.

O princípio ativo encontrado nas análises é o Fipronil, altamente tóxico para as abelhas. Wetzel explica que seu uso está autorizado para algodão, cana de açúcar e semente de soja. Na uva e outras frutas, o uso do inseticida é irregular. Ainda não foram identificados os responsáveis.

O caso foi encaminhado para a Polícia Civil que realiza a investigação. Trata-se de um crime contra a saúde pública e meio ambiente. O veterinário afirma que, geralmente, os responsáveis pagam penas alternativas ou indenizam o prejuízo dos vizinhos. Também estão previstas atividades educativas nas comunidades atingidas.

Diversos apicultores da região já percebem a diminuição na produção de mel. As caixas em que as abelhas morreram, demoram de seis a 12 meses para recuperar a produção.

Importância das abelhas

A principal função executada pelas abelhas é a polinização. Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), elas são responsáveis por 73% da polinização das plantas cultivadas. Através desse serviço ambiental, elas atuam na regeneração das florestas e da biodiversidade, tendo ainda importância fundamental na alimentação humana e proporcionando a existência de muitos alimentos presentes em nosso cotidiano.

Contudo, impactos ambientais como o desmatamento, as queimadas, o uso de pesticidas e agrotóxicos, o aquecimento global e as alterações climáticas estão devastando as populações deste inseto. Caso não haja abelhas, toda a cadeia alimentar poderá ser afetada. 

Portanto, visando essa importância, a ONU estabeleceu o dia 20 de maio como o Dia Mundial das Abelhas. Essa data foi proclamada em Assembleia Geral e tem como objetivo fomentar a conscientização sobre a importância das abelhas e de outros polinizadores, além de sua contribuição para o desenvolvimento sustentável.

*Material apurado e editado pela equipe de reportagem da Studio, ao uso parcial ou total do material, créditos devem ser citados. A não citação de crédito poderá ocorrer em citação processual.

Leia também | Uso irregular de inseticida pode ter causado a morte de 250 colmeias de abelhas em Cotiporã e Fagundes Varela

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo