rel="nofollow"

A partir de articulação do MPRS, Presídio Estadual de Vacaria recebe verba para a aquisição de novo sistema de monitoramento eletrônico

Por meio de articulação e ações do promotor de Justiça da 3ª Promotoria de Justiça Criminal de Vacaria, Rodolfo Grezzana, o Presídio Estadual de Vacaria (PEV) recebeu verba da Vara Regional de Execução Criminal de Caxias do Sul, a fim de adquirir 16 novas câmeras e dois DVRs para a realização do monitoramento/cercamento eletrônico da casa prisional.

Com a verba, a direção da PEV conseguiu comprar e instalar as novas câmeras e equipamentos de gravação, que foram posicionadas na parte interna da penitenciária, em seus corredores e na entrada principal de acesso às visitas, o que resulta em maior segurança para os agentes penitenciários e comunidade prisional.

Também foram instaladas câmeras no entorno do presídio, em seu perímetro externo, visando reforçar a segurança, no intuito de diminuir a prática de ilícitos nas cercanias, especialmente o arremesso de objetos para o pátio dos presos, resultando em uma condição mais segura aos moradores da vizinhança da casa, que encontra localizada em via movimentada da cidade, na área central do município de Vacaria.

A parir da melhora significativa da qualidade das imagens e de um maior número de câmeras, a ideia é que o material sirva, de maneira mais eficaz, para instrumentalizar as ações penais decorrentes das ações ilícitas, com a utilização destas filmagens captadas como prova das práticas e sua autoria.

Segundo o promotor Rodolfo Grezzana, “a medida foi de extrema valia e veio em boa hora. A modernização da vigilância e cercamento eletrônico da PEV era demanda antiga do presídio, a qual necessitava do incremento da aparelhagem para melhor realizar o monitoramento da segurança interna e externa do estabelecimento penal”.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios