Polícia prende suspeito de matar e enterrar dois homens em Terra de Areia

Agentes da Polícia Civil prenderam, na manhã desta quarta-feira (06), um dos suspeitos de envolvimento no assassinato e ocultação dos cadáveres de dois homens em Terra de Areia. A partir da investigação, a Justiça decretou a prisão temporária do suposto autor dos crimes.

De acordo com o delegado Roland Short, que estava respondendo pela Delegacia de Polícia de Terra de Areia, o suspeito foi capturado pelos policiais quando já estava dentro de um veículo de transporte por aplicativo. A suspeita da polícia é que ele já estaria fugindo da cidade para evitar a prisão.

A Polícia Civil apurou que há uma segunda pessoa envolvida no crime, que ainda não foi capturada. A principal linha de investigação para a motivação do duplo assassinato é a relação com o tráfico de entorpecentes.

Os corpos Vivanor da Silva, de 46 anos, e seu sobrinho Rodrigo da Silva, de 31 anos, foram encontrados na manhã de segunda-feira (04) próximo a uma plantação de milho, em uma propriedade na Rua das Tendas. Eles estavam desaparecido há cerca de uma semana.

De acordo com a Polícia Civil, os dois teriam sido mortos dentro de uma casa de madeira, que fica perto do local foram enterrados. Um dos homens foi assassinado com disparos de arma de fogo e o outro a facadas.

Os investigadores ainda aguardam laudos do Instituto-Geral de Perícia (IGP). Uma equipe do Departamento de Criminalística realizou o levantamento logo após a localização dos corpos. Os peritos utilizaram luminol para identificar possíveis vestígios de sangue na residência onde as vítimas foram assassinadas.

Fonte: Litoral na Rede

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios