Policial

Polícia Civil realiza ação em SC e prende acusado de abusar de meninas de 10 e 13 anos; ele fugiu do RS com a mãe de uma das vítimas

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Capturas (DECAP), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC), sob a coordenação do Delegado Arthur Raldi, realizou uma ação em Santa Catarina, culminando com a prisão de um homem.

A ação ocorreu na cidade de Araquari/SC (município localizado ao norte do estado catarinense, distante 172km de Florianópolis/SC e 607km de Porto Alegre/RS), onde foi preso J.W.F.P., 59 anos de idade, em cumprimento a mandado de prisão decorrente de sentença penal condenatória definitiva, expedido pela prática do crime de estupro de vulnerável.

O capturado foi acusado de abusar sexualmente de duas meninas, na zona sul de Porto Alegre.

As vítimas tinham 10 e 13 anos, sendo o acusado cunhado da mais nova e companheiro da mãe da vítima mais velha.

Os fatos ocorreram no ano de 2012 e, em maio de 2019, foi expedido o mandado de prisão em decorrência da sentença que condenou o acusado a uma pena de 12 anos de reclusão.

Apenas se sabia que ele tinha fugido do estado do Rio Grande do Sul. Após 2 anos de buscas, os policiais da DECAP-DEIC/RS descobriram que o acusado teria fugido para o estado de Santa Catarina, juntamente com a própria mãe de uma das vítimas do crime, tendo tido, inclusive, um filho com esta. Os policiais também descobriram que eles teriam estabelecido residência na cidade de Araquari/SC, onde teriam aberto um estabelecimento comercial (Pub do Gaúcho).

Com essas informações, os policiais se deslocaram até a cidade catarinense onde, após diligências, lograram êxito em localizar e prender o alvo.

O preso foi conduzido ao DEIC, para a realização das formalidades legais concernentes a sua prisão, de onde seguirá diretamente ao sistema penitenciário.

Em Nova Santa Rita/RS, foi preso preventivamente hoje (06) um homem de 20 anos, suspeito de estupro de vulnerável praticado contra uma criança de 7 anos, seu primo em 2° grau. O crime ocorreu em Uruguaiana e o suspeito estava foragido.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios