Notícias

Dois pacientes que estavam internados no hospital de Veranópolis conseguem encaminhamento para leito de UTI

Na manhã de hoje, cinco pessoas aguardavam por uma vaga, todos positivados para a covid-19. Neste momento, um paciente já foi encaminhado e outro prepara-se para deslocamento. Com isso, três pessoas aguardam por um leito no HCSPL.

A situação do Hospital São Peregrino Lazziozi, nesta terça-feira, dia 02 de março, apresentou-se crítica. A superlotação acaba por sobrecarregar as estruturas e os profissionais. Até a última atualização desta notícia, 16 pacientes estão internados por conta da covid-19, desses, três aguardam por leito de UTI, em estado grave e sob ventilação mecânica.

O número de pessoas nessa condição era maior nesta manhã. Por volta do meio-dia, cinco pessoas esperavam por uma vaga. Segundo informações do HCSPL, porém, um senhor conseguiu encaminhamento para uma UTI no início da tarde e outro paciente está se preparando para deslocamento no início desta noite, por volta das 19h. Com isso, a localidade permanecerá com três pessoas em estado grave.

A estrutura do hospital, que era preparada para atender 13 pacientes relacionados a covid-19, está sobrecarregada e a direção teve que remanejar sua estrutura. Uma espécie de “UTI” precisou ser organizada na emergência para atender os pacientes que necessitam estar sob ventilação mecânica.

Aos demais que aguardam leito de UTI, ainda não há previsão de vaga e, enquanto isso, o hospital de média complexidade, mantém a vida dos pacientes como consegue.

Essa situação é reforçada pelo prefeito de Veranópolis, Waldemar de Carli, que em tom de alerta para a população, aponta a dificuldade para encaminhamento de pacientes do município.

– O quadro é grave, de alerta, não tem mais UTI, seja você rico, você pobre […] a ordem é fique em casa, só saia para suas necessidades básicas – reforça o chefe do Executivo.

Mais atualizações a respeito de internações e encaminhamentos serão atualizadas nas próximas horas.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Valorize o investimento na reportagem e jornalismo. Cópia somente com citação de fonte.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios