You dont have javascript enabled! Please download Google Chrome!

Geral

Bispo diz que Diocese de Caxias manterá igrejas fechadas, mesmo após decreto que permite abertura

Igreja Matriz São Luiz Gonzaga | Foto por Didio Luzzatto

Segundo o Jornal Pioneiro, após decreto do presidente Jair Bolsonaro, que considerou uma medida absurda fechar igrejas como forma de tentar diminuir a disseminação do coronavírus, o Bispo da Diocese de Caxias do Sul, Dom José Gislon, se manifestou. Ele disse que manterá igrejas fechadas, mesmo após decreto que permite a abertura. 

De acordo com Dom Gislon, a Campanha da Fraternidade deste ano está cumprindo o tema previsto e com foco na preservação da vida, principalmente neste período em que o mundo está enfrentando uma pandemia. Segundo ele, manter as igrejas fechadas neste momento significa preservar a vida, cumprindo também o estabelecido pelos decretos estadual e municipal.

Segundo Gislon, a Igreja não é contra a realidade econômica do país ou o desenvolvimento econômico, mas sim, contra o descaso com a vida. 

– Quer receber as notícias da Studio no seu WhatsApp? Então clique aqui e faça parte de nosso grupo.

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

error: Este conteúdo é protegido