You dont have javascript enabled! Please enable it!

Geral

Caso Naiara: acusado de estupro e morte de menina vai à júri em maio em Caxias

O julgamento de Juliano Vieira Pimentel de Souza, réu confesso de ter estuprado e matado a menina Naiara Soares Gomes, está marcado para o dia 12 de maio, às 9h30, em Caxias do Sul. O caso ocorreu em março de 2018 e tramita em segredo de Justiça por se tratar de criança vítima de crime sexual.

Conforme determinação da Justiça, o júri ocorrerá a portas fechadas para público e imprensa. Apenas o magistrado, o réu e seus defensores, representantes do Ministério Público e da Assistência de Acusação e os jurados poderão ter acesso ao local. O promotor de Justiça Alexandre Salim atuará em plenário representando a acusação.

Souza será julgado pelos crimes de estupro de vulnerável, homicídio triplamente qualificado (por asfixia; uso de recurso que dificultou a defesa da vítima e para assegurar a impunidade de outro crime) e ocultação de cadáver. Ele está isolado em uma cela da Penitenciária de Canoas (Pecan) 2, desde o dia 21 de março de 2018.

Quer receber as notícias da Studio no seu WhatsApp? Então clique aqui.

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

5 Comentários

Clique aqui para fazer um comentário

error: Este conteúdo é protegido