Mulher é suspeita de matar engenheiro com 20 facadas no RS

Um homem foi morto após sofrer pelo menos 20 facadas, na sexta-feira (12), em Santa Cruz do Sul, a 152 km de Porto Alegre, segundo a Polícia Civil. A vítima foi identificada como Maurício Zart Arend, um engenheiro civil de 36 anos.

De acordo com a investigação, a vítima estava na casa da suspeita do crime, uma mulher de 39 anos, que foi presa em flagrante. Ela disse aos policiais que agiu em legítima defesa e que teria sido agredida pelo homem.

A mulher, que não teve o nome divulgado pela polícia, foi conduzida ao Departamento Médico-Legal (DML) e depois, encaminhada ao Presídio Estadual Feminino de Rio Pardo, a 32 km de Cruz Alta.

A 1ª Delegacia de Polícia de Santa Cruz do Sul vai apurar os fatos e o que motivou o crime. A investigação já solicitou perícias e coletas de imagens.

Maurício deixou pai, mãe e irmão. O corpo do engenheiro foi velado em Santa Cruz do Sul e cremado em Venâncio Aires, a 31 km do município onde ocorreu o crime.

Informações G1 RS.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Podemos exibir anúncios para você?

Parece que você está usando um bloqueador. A exibição de conteúdo publicitário contribui para fazer a informação chegar a você, de forma fácil e gratuita. Por favor, libere a exibição de anúncios para liberar a visualização da notícia.