Idosa dada como morta e que foi encaminhada a funerária acorda e se recupera bem no Litoral Norte do RS

Uma idosa de 78 anos dada como morta por três médicos, foi encontrada viva momentos antes de ser removida do Posto 24h Eva Dias de Melo, no município de Cidreira, no Litoral Norte Gaúcho, para uma funerária local. Clotilde Rieck chegou à unidade de saúde na manhã do dia 30 de dezembro após sofrer um ataque cardíaco.

Familiares informaram que a idosa foi imediatamente intubada e transferida para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI), onde, cerca de uma hora depois, uma equipe médica comunicou que ela havia falecido.

A família chegou a ir ao cartório registrar o óbito e estava escolhendo o caixão quando recebeu a ligação de um funcionário da funerária contratada para recolher o corpo no posto de saúde. O homem teria encontrado a mulher com um olho aberto e o braço levantado, como se estivesse pedindo ajuda.

A mulher foi, então, encaminhada ao Hospital Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre, onde permaneceu na UTI até a quinta-feira (6), quando foi levada para o quarto. Não há previsão de alta, onde se recupera bem.

A família registrou boletim de ocorrência e o caso está sendo investigado pela Polícia Civil, assim como pela direção-geral do hospital. A casa de saúde abriu um procedimento administrativo para apurar a conduta da equipe médica.

Com informações do Portal O Diário.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios