EsportesNotícias

540km de devoção: Ciclistas da microrregião concluíram o Caminho da Fé

Percurso teve duração de seis dias e desafiou os ciclistas até chegarem ao Santuário de Aparecida

O Caminho da Fé (Brasil), inspirado no milenar Caminho de Santiago de Compostela (Espanha), foi criado para dar estrutura às pessoas que sempre fizeram peregrinação ao Santuário Nacional de Aparecida. O trajeto foi inaugurado em fevereiro de 2003, na cidade de Águas da Prata/SP. Atualmente, a Rota é composta por cerca de 970km. Seguindo o trajeto, o peregrino vai reforçando sua fé, podendo observar a natureza privilegiada, e superar as dificuldades do caminho, que é a síntese da própria vida.

O desafio encantou os olhares de seis ciclistas da região. Carlos Spanhol Filho, Mateus Girardi, Michel Pertile, Niromar Heitor Gabriel, Rafael Carvalho e Ricardo Mazzarolo decidiram percorrer o trajeto rumo ao Santuário, pedalando cerca de 550km, a partir de Ribeirão Preto/SP, enfrentando os desafios, desfrutando o caminho e fortalecendo sua fé.

Parada no trajeto, conhecendo novas pessoas | Foto: arquivo pessoal

A trajetória iniciou ainda no dia 14 de outubro, quando o grupo saiu de Veranópolis com destino à Ribeirão Preto. No dia 16 de outubro, o caminho da fé iniciou oficialmente. Foram seis dias de pedal. Nos primeiros, havia um sol muito forte, que desafiou os ciclistas. Aliado à quilometragem maior e ao terreno desafiador, praticamente de areia, os obstáculos estavam postos e tornou-se necessário superá-los.

Nos demais dias, a temperatura ficou mais agradável, mas, com ela, veio a chuva. Michel Pertile conta que esse era uma das principais preocupações do grupo com relação ao trajeto, por conta da dificuldade de pedalar nos terrenos da região. “Graças a mãezinha Aparecida, só pegamos chuva onde dava pra pegar chuva, porque o terreno ainda era bom”, relata. As paisagens também surpreenderam o grupo, sendo bastante diferentes das comuns da Serra Gaúcha.

Outro ponto que chamou a atenção dos ciclistas foi a cultura do povo da região de Aparecida. “Cidades pequenas, com moradores humildades, que trabalham bastante e nos receberam muito bem. Dava para perceber que o pessoal no caminho trabalha para seu sustento, não para lucrar em cima dos visitantes. Durante o caminho era possível ter uma mentalidade bem diferente a partir dos princípios dos moradores. Todos os lugares que passamos nos acolheram muito bem”, explica.

Os seis dias de percurso foram documentados pelo perfil no Instagram do grupo (@caminho_da_fe_rs), onde os ciclistas relataram suas experiências vividas e os detalhes do desafio.

No dia 21 de outubro, o momento tão esperado. A chegada no Santuário, após todo o desafio do percurso, foi emocionante. “Chegando perto da igreja a emoção já se fazia presente. O santuário é muito bacana, foi uma experiência maravilhosa”, conta. O caminho foi repleto de mensagens motivadoras, que fortaleceram as motivações do grupo. O encontro com o Santuário reafirmou a fé dos ciclistas, fazendo valer todos os desafios enfrentados.

A chegada foi marcada por muita emoção e fé à Nossa Senhora Aparecida | Foto: arquivo pessoal

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios