Notícias

Cerca de 450 veranenses desempregados estão cadastrados em listas do SINE em busca de uma oportunidade

Cenário é delicado e várias pessoas estão há muito tempo à procura de emprego

O mercado de trabalho, nos últimos tempos, tem sofrido com uma forte mudança. Exigindo especialização, com menos vagas, ofícios mais exigentes e salários nem sempre ideais, muitos brasileiros se viram na condição de desempregados, especialmente com o passar da pandemia.

Em Veranópolis, a realidade não é muito diferente. Cerca de 450 veranenses estão cadastrados no SINE como desempregados, aguardando uma oportunidade de se inserir no mercado de trabalho, segundo a secretária de Indústria e Comércio, Daiane Ambrozini Domeneghini. O cenário está bastante delicado, onde várias pessoas estão há muito tempo à procura de um emprego, enquanto há uma nova forma de se buscar profissionais nas empresas.

O critério de especialização é bastante determinante. Muitas vagas ofertadas são específicas para a realidade da produção da empresa, o que requer experiência também. Em outros casos, o serviço acaba sendo mais pesado, impossibilitando que mulheres, por exemplo, consigam a vaga.

Em auxílio, a pasta coordenada por Daiane constantemente realiza ações para treinar e selecionar profissionais para as empresas. Além disso, a chegada da Arezzo no município é mais uma forma de suprir a demanda por emprego, especialmente com a mão de obra feminina. A empresa gerará cerca de 600 empregos diretos e 320 indiretos.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. Só é bom lembrar esse povo que junto com a vaga de emprego, vem um negócio mei chato e desgastante.
    Que requer compromisso,produtividade, comprometimento. Esse “negócio” se chama, TRABALHO!

    Ai que o bicho pega e muita gente fraqueja.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios