Geral

Laudo descarta transtorno mental de companheira da mãe de Miguel, menino morto em Imbé, diz polícia

Um laudo divulgado pela Polícia Civil, nesta terça-feira (14), aponta que a companheira da mãe do menino Miguel dos Santos Rodrigues, de sete anos, morto em Imbé, no Litoral Norte do Rio Grande do Sul, era “plenamente capaz de entender o caráter ilícito de seus atos”, as informações são do Portal G1.

Em contato com a reportagem da RBS TV, a advogada de Bruna Nathiele Porto da Rosa, Helena Von Wurmb, disse que não irá se manifestar no momento.

A análise foi feita pelo Instituto Psiquiátrico Forense (IPF) do RS e concluída no dia 10 de setembro. A companheira de 23 anos, foi denunciada por homicídio, tortura e ocultação de cadáver. Contudo, o processo estava suspenso no Tribunal de Justiça, “em razão da instauração do incidente de insanidade mental”.

A denunciada foi presa temporariamente no dia 1º de agosto. A prisão foi convertida em preventiva no dia 26 de agosto.

A acusada estava recolhida na Penitenciária Estadual Feminina de Guaíba, mas retornou para o IPF para avaliação psiquiátrica.

A denúncia do Ministério Público aponta que a criança foi morta pela mãe de 26 anos, que responde na Justiça pelos mesmos crimes. A defesa da ré afirma que ela irá se manifestar no processo.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios