Região

Avicultores de Protásio Alves são reconhecidos pela eficiência na produção

A empresa Seara, do grupo JBS, premiou os melhores produtores de suas regiões de atuação, concedendo o troféu Super Agro. Os avicultores de Protásio Alves pertencem à região de Montenegro e conquistaram importantes posições.

Os produtores premiados por ciclo

Alexandre Martelo, que tem sua propriedade avícola na Linha Oitava Turvo, obteve o segundo lugar da região Montenegro conquistando 108,58% da meta estabelecida pela empresa que avalia vários quesitos, como biosseguridade, produção, fertilidade, nascimentos e obtenção de renda.

Ele e mais três pessoas atuam na propriedade desde 2016. A produção atual é de 3 milhões de ovos por ciclo de 10 meses, com 15.600 matrizes e 1.700 galos alojados em dois galpões.

– A premiação foi uma grande surpresa para nós. Ela é fruto do empenho de toda a equipe – ressalta Alexandre.  Ele recebeu o troféu Super Agro, certificado e premiação em dinheiro de R$ 6 mil.

André e Jeison Prigol são produtores avícolas há 22 anos na comunidade Linha Nova Prata e conquistaram o terceiro lugar na região Montenegro com a pontuação de 108,57% sobre a meta em eficiência no ciclo completo de 2020.

Em três galpões, eles mantêm 23,5 mil matrizes, 2,4 mil galos com produção de 4,5 milhões de ovos por lote. Os irmãos ressaltam que a premiação, troféu e R$ 4 mil em dinheiro, é fruto do apoio da equipe de trabalho e técnica, formada por sete pessoas.

– Para os avicultores, a premiação é um incentivo para o aprimoramento contínuo – comenta André.

O casal Célia e Zeferino Kowalski, na comunidade São João, é recordista nacional de produção de ovos, tendo como referência o lote 2019/2020 e, em 2018, conquistou o segundo lugar do Super Agro da Seara, região de Passo Fundo. Na premiação 2021, referente a 2020, obtiveram 98% de eficiência.

– Os critérios de avaliação mudaram, mas mesmo assim, estarmos entre os melhores da região de abrangência da Seara Montenegro nos incentiva a melhorar cada vez mais nosso trabalho –  comentam Célia e Zeferino.

Eles trabalham sozinhos há 15 anos na avicultura e, atualmente, mantêm 7.800 matrizes e 820 galos com produção de 1,6 milhão de ovos por ciclo.

Premiados por quadrimestre

Júlio e João Carlos Porta foram premiados pelo desempenho do quadrimestre referente a 2020. Eles também atuam no ramo avícola há 22 anos com quatro aviários, também na comunidade São João, onde estão alojadas 31.200 matrizes e 3.400 galos com produção de 6 milhões de ovos por lote.

Além dos proprietários, mais oito pessoas trabalham na atividade. O nível de eficiência alcançado foi de 130% da meta estabelecida, o que os levou ao primeiro lugar. A granja recebeu troféu, camiseta, certificado e um jogo de espetos personalizados.

– O trabalho exige dedicação e disciplina de todos, mas recompensa – afirma Júlio.

O prefeito de Protásio Alves, Itamar Girardi, parabeniza todos os produtores e ressalta a importância da atividade avícola na economia e na geração de emprego e renda.

– Analisando a abrangência da Seara Montenegro, é preciso ressaltar que a maioria que obteve destaque está em Protásio Alves – comenta Itamar.

O primeiro lugar no Super Agro da região Montenegro foi para o produtor Sidinei Pasquali, de Caxias do Sul, com 110,14 de pontuação. 

Fotos: Sonia Reginato

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios