Notícias

Tempo seco é fator determinante para aumento de incêndios em vegetação nos últimos dias

Diversos incêndios em vegetação foram registrados na semana passada em Veranópolis e região, questão que preocupa, principalmente por se tratar de sinistros de grande magnitude. Por conta disso, a reportagem da Studio entrou em contato com o Corpo de Bombeiros, para averiguar que fatores determinaram o aumento repentino e alarmante destes acontecimentos.

Segundo informações da guarnição, o tempo seco presente nas últimas semanas é fator determinante para que incêndios aconteçam. Estes ocorrem, principalmente, quando é feito queima de lixo, limpeza de terrenos com fogo ou outras atividades relacionadas a isto. Juntando este cenário com a vegetação extremamente seca, os grandes sinistros acontecem.

A partir disso o grupo reitera a importância de evitar que este tipo de prática seja feita, com finalidade de evitar que novos incêndios ocorram. Nesta semana, que diz respeito ao dia 04 até o dia 08, os sinistros cessaram, sendo mais uma prova de que, o tempo seco junto às práticas incorretas são determinantes para que as queimadas ocorram.

Um exemplo de incêndio em vegetação foi o que ocorreu em Nova Bassano no último domingo (03), o qual foi de grande proporção. Cerca de 8 mil m² de mata nativa foram atingidos pelo fogo e foi necessário o auxílio da Defesa Civil da cidade para que os Bombeiros pudessem acessar o local e controlas as chamas.

Confira o registro do incêndio feito pelo Corpo de Bombeiros

Confira a imagem aérea da área atingida

Foto: Samuel Seganfredo

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios