Notícias

Secretário da Fazenda atualiza informações sobre o trabalho de fiscalização ao cumprimento dos decretos em Veranópolis

Nesta quinta-feira (07), o Secretário da Fazenda de Veranópolis, Ricardo Ledur Gottardo, realizou esclarecimentos sobre a fiscalização feita pelo Poder Público Municipal junto aos Órgãos de Segurança Pública, para que haja o cumprimento dos decretos na cidade, em entrevista à Studio.

A fiscalização é feita, basicamente, pelo Poder Público junto a Brigada Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros. O trabalho atende às ordens do decreto municipal e estadual, ou seja, a fiscalização é feita para que ambos sejam cumpridos. Toda esta equipe mantém, segundo Ricardo, contato contínuo para discussão e efetivação de trabalhos.

Diversos pontos do município, entre eles “o pico” Monte Claro e o Loteamento Morada do Bosque, estão formando aglomerações nas últimas semanas. Segundo Gottardo, nestes locais há diversos empecilhos para que a dispersão das pessoas seja feita.

Primeiramente, em Monte Claro está sendo iniciada uma atividade econômica, ou seja, deve haver o cuidado, afirmou, para que não seja desestimulado um empreendimento. Além disso, não é tratado em nenhum ponto no decreto que o local, o qual não possui medidas básicas sanitárias, não possa receber pessoas. Para o futuro da localidade e quais medidas vão ser tomadas perante ela, atesta Ricardo, depende da maneira que o proprietário do local irá seguir com a finalidade do mesmo. De forma objetiva, se o local não for explorado comercialmente, afirma o Secretário, não será possível ser feita qualquer limitação, porém, caso contrário, o local seguirá as regras como os demais empreendimentos. As mesmas questões aplicam-se às festas e aglomerações em propriedades privadas, não há, segundo ele, como o Poder Público estar impedindo estas atividades, por ser algo particular.

Quanto ao Loteamento, há a recomendação que não haja encontros no local. O trabalho da fiscalização está exercendo exatamente esta ação, de ir até os locais e fazer as orientações, pois, não há a possibilidade, segundo ele, de proibir que as pessoas se dirijam até o local.

Quanto aos restaurantes, lancherias, mercados e demais estabelecimentos que há regras específicas e uso obrigatório de máscaras, Ricardo afirma que, a fiscalização fez visitas à todos, realizando orientações e conferindo como está o funcionamento.

Em diversos momentos o Secretário reiterou a importância de ser usado o método educativo e de conscientização, este, afirma, é mais válido e efetivo que obrigar às pessoas a cumprirem as normas.

Confira a entrevista completa

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios