You dont have javascript enabled! Please download Google Chrome!

Geral

É falso o decreto que determina retorno de atividades comerciais em Porto Alegre

Porto Alegre, RS 24/03/2020: Pelas ruas da capital gaúcha, na manhã desta terça-feira (24), já são sentidos os reflexos das medidas restritivas adotadas no combate a Pandemia do Coronavírus. Rua dos Andradas (Rua da Praia), bairro Centro Histórico. Foto: Antonio Maciel/PMPA

Circula em redes sociais e aplicativos de mensagens a cópia de um suposto decreto que determina o retorno gradual de uma série de atividades comerciais de Porto Alegre a partir do dia 13 de abril. A Prefeitura Municipal de Porto Alegre informa que o texto é falso e não tem embasamento na realidade, tampouco traduz o rigor das medidas que vêm sendo tomadas para conter o coronavírus na cidade.

O falso texto é atribuído ao decreto 20.516, publicado pela prefeitura em 20 de março, que na verdade proíbe, por 30 dias, o funcionamento de padarias restaurantes, bares e lancherias, exceto aqueles que funcionam por tele-entrega, delivery e pague e leve (take away). Estas medidas foram publicadas com tempo determinado, o que não significa que as datas não possam ser revistas levando em conta o momento vivido, que tem se mostrado muito dinâmico.

A prefeitura apela aos cidadãos que não compartilhem esse tipo de informação falsa. Vidas estão em jogo e, para salvá-las, é fundamental que todos tenham a oportunidade de saber a verdade dos fatos. As atividades comerciais de Porto Alegre seguem suspensas, exceto no caso de serviços essenciais.

– Quer receber as notícias da Studio no seu WhatsApp? Então clique aqui e faça parte de nosso grupo.

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

error: Este conteúdo é protegido