You dont have javascript enabled! Please download Google Chrome!

Geral

PRF prende três homens por tráfico internacional de drogas e apreende 300 quilos de cocaína

Na noite desta segunda-feira (02), Policiais Rodoviários Federais apreenderam 300 quilos de cocaína transportados em uma carreta e em uma camioneta que transitavam pela BR 386. Foram presos 3 traficantes em duas ocorrências distintas.

Na primeira ocorrência, por volta das 22h30, Policiais Rodoviários Federais deram ordem de parada ao condutor de uma carreta, com placas do Paraná, que adentrava na BR 448. Ele não obedeceu a ordem e passou a fugir com o veículo, impedindo a abordagem e trancando a passagem da viatura policial. Outra viatura da PRF, posicionada já na BR 116, em Canoas, bloqueou o trânsito, obrigando o condutor da carreta a pará-la. Ao revistar a cabine do veículo, os policiais encontraram, em um fundo falso, cerca de 300 quilos de cocaína.

Durante o desenrolar da primeira ocorrência, uma terceira equipe da PRF abordou uma Sportage, com placas de São Paulo, que transitava pela BR 386, em Montenegro. Os dois ocupantes do veículo apresentaram nervosismo desproporcional. Durante a revista minuciosa, os policiais desconfiaram de danos no painel da camioneta. Ao realizar a desmontagem, encontraram um compartimento secreto carregado com cerca de 14 quilos de cocaína.

O condutor da carreta, um gaúcho de 47 anos, e os ocupantes da camioneta, dois paranaenses de 23 e 27 anos, disseram que haviam sido pagos para trazer o entorpecente do Paraguai para a região metropolitana de Porto Alegre. Eles foram presos por tráfico internacional de drogas e conduzidos para a Polícia Federal juntamente com os veículos e a cocaína.

– Quer receber as notícias da Studio no seu WhatsApp? Então clique aqui e faça parte de nosso grupo.

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

error: Este conteúdo é protegido