PRF flagra caminhão com quase 17 toneladas de excesso de peso em Veranópolis

Na manhã desta segunda-feira (26), a Polícia Rodoviária Federal, abordou em Veranópolis um caminhão com quase 17 toneladas de excesso de peso, a ação ocorreu na BR-470.

Durante operação de fiscalização na rodovia, a PRF abordou um caminhão M. Benz , com placas de Nova Prata/RS carregado de madeira, conduzido por um homem de 38 anos, natural de Nova Prata. O caminhão, que carregado poderia pesar no máximo 23 toneladas, estava pesando 39,9 toneladas, quase o dobro do peso com o qual poderia estar rodando.

O excesso de peso em veículos representa um sério risco à segurança nas estradas, comprometendo a estabilidade e a capacidade de frenagem do veículo, além de aumentar consideravelmente a probabilidade de acidentes graves. Também, tal comportamento acaba ocasionando grande impacto à fluidez da via, pois o veículo com excesso de peso demora mais tempo para acelerar, principalmente em locais de subida, e também causa danos significativos ao pavimento das rodovias e ao próprio veículo, resultando em custos de manutenção elevados.

A multa para excesso de peso está prevista no código de trânsito brasileiro, no Artigo 231, inciso V, de gravidade média e o valor aumenta conforme a quantidade de excesso. No caso do caminhão abordado, que estava com 17 toneladas de excesso, a multa ficou em quase R$ 5 mil.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Podemos exibir anúncios para você?

Parece que você está usando um bloqueador. A exibição de conteúdo publicitário contribui para fazer a informação chegar a você, de forma fácil e gratuita. Por favor, libere a exibição de anúncios para liberar a visualização da notícia.