Crianças vítimas de capotamento em Veranópolis apresentam boa evolução, segundo familiares

As duas crianças vítimas do grave capotamento registrado na BR-470, em Veranópolis, na noite do último sábado (10), apresentam boa evolução em seu quadro de saúde.

Segundo informações de familiares, uma das crianças já está acordada e ambas respondem positivamente ao tratamento que estão recebendo, uma delas está internada em Caxias do Sul e outra em Porto Alegre, para onde foram transferidas ainda na noite do acidente.

Ainda, família e amigos estão realizando campanhas nas redes sociais, a fim de custear a estadia e alimentação das pessoas que estão acompanhando as crianças nas casas de saúde.

Relembre o fato

O capotamento envolveu um veículo Peugeot e aconteceu por volta das 18h50 do sábado (10). O condutor, que apresentava sinais de embriaguez, perdeu o controle do veículo, que capotou várias vezes.

No carro estavam o condutor, uma passageira e três crianças. As três crianças, de 7, 5 e 1 ano de idade, estavam sem cinto de segurança ou qualquer dispositivo de retenção e foram arremessadas para fora do veículo. As duas crianças mais novas sofreram traumatismo craniano elas foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros de Veranópolis ao Hospital São Peregrino Lazziozi e posteriormente foram transferidas, uma delas para Porto Alegre e outra para Caxias do Sul, ambas em estado grave. A criança de 7 anos teve apenas ferimentos leves. A passageira, mãe das crianças, não se feriu.

O condutor, de 29 anos, que já tinha passagem por tráfico de drogas, foi preso em flagrante por embriaguez ao volante. Ele se recusou a fazer o teste do bafômetro, mas o exame de sangue confirmou a embriaguez, com resultado de 0,67 mg/L, quase sete vezes acima do limite legal.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Podemos exibir anúncios para você?

Parece que você está usando um bloqueador. A exibição de conteúdo publicitário contribui para fazer a informação chegar a você, de forma fácil e gratuita. Por favor, libere a exibição de anúncios para liberar a visualização da notícia.