Árbitro pausa jogo de futebol em SC para salvar menino de afogamento e é parabenizado pela atitude

Durante um jogo do Campeonato Regional de Futebol de Campo Não Profissional Taça D’Lamb Sport, realizado no último domingo (25) em São Miguel do Oeste, uma atitude heróica do árbitro assistente Diego Alves Rei chamou a atenção. Enquanto trabalhava na partida entre Grêmio Esp. Tunense e Ass. Esp. Aliança, válida pela 7ª rodada do campeonato, Diego ouviu gritos de socorro vindos de um açude próximo ao campo de jogo.

Rapidamente, Diego identificou que um menino estava se afogando em açude que fica ao lado do campo. Sem hesitar, o árbitro assistente correu abandonou sua bandeira e mergulhou nas águas para realizar o resgate. Graças à sua pronta ação, o menino foi salvo de um afogamento.

De acordo com relato de Diego ao Visor Notícias, o menino resgatado retornou do hospital com o pai para abraçar e agradecer ao árbitro pelo ato heroico. A Liga Esportiva Fronteirista de São Miguel do Oeste reconheceu e parabenizou o árbitro assistente Diego Alves Rei por sua atitude louvável. A entidade destacou a importância de atos de heroísmo e ressaltou que, embora os árbitros frequentemente enfrentem críticas e ofensas, eles são, antes de tudo, pessoas em constante aprimoramento, tanto profissional quanto pessoal.

Fonte: Visor Notícias

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Podemos exibir anúncios para você?

Parece que você está usando um bloqueador. A exibição de conteúdo publicitário contribui para fazer a informação chegar a você, de forma fácil e gratuita. Por favor, libere a exibição de anúncios para liberar a visualização da notícia.