Três ocorrências de violência doméstica são registradas em Marau

A Brigada Militar de Marau registrou três ocorrências de violência doméstica no município neste fim de semana.

No domingo (07), às 19h30, um homem de 30 anos foi preso em flagrante com base na Lei Maria da Penha. A vítima, de 25 anos, informou que foi agredida pelo companheiro, que teria puxado seus cabelos e batido sua cabeça contra o para-brisa de um veículo.

O acusado foi localizado no local e recebeu voz de prisão. Ele foi encaminhado ao Hospital Cristo Redentor (HCR) para laudar as lesões e, após, à Delegacia de Polícia para registro da ocorrência.

Simultaneamente, outra ocorrência de agressão a mulher foi registrada na Avenida Júlio Borella. Os bombeiros foram acionados para o encaminhamento da vítima ao hospital. O fato foi registrado na Delegacia.

Às 22h30, na Rua Miguel Pinheiro, Loteamento Busnello, um homem de 25 anos foi preso por descumprir medidas protetivas de afastamento da ex-companheira.

De acordo com a ocorrência policial, a mãe da vítima foi até a sede da Brigada Militar, onde solicitou ajuda para a filha, que estaria sendo agredida. O acusado havia invadido a residência e, transtornado, estava quebrando utensílios de dentro do apartamento, onde havia duas crianças.

No local, a vítima confirmou as informações e relatou também ter sido agredida com puxões de cabelo. O acusado se encontrava no local e recebeu voz de prisão, com base na lei Maria da Penha.

Com informações da Rádio Vang FM.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Podemos exibir anúncios para você?

Parece que você está usando um bloqueador. A exibição de conteúdo publicitário contribui para fazer a informação chegar a você, de forma fácil e gratuita. Por favor, libere a exibição de anúncios para liberar a visualização da notícia.