Vereadores de Porto Alegre discutem projeto que estabelece licença saúde para o tratamento de sintomas menstruais

A Câmara Municipal de Porto Alegre começou a debater um projeto de lei que prevê a concessão de licença menstrual para servidoras públicas do município. A proposta, de autoria do vereador Jonas Reis (PT), prevê o afastamento de até quatro dias por mês para tratamento de sintomas graves associados ao ciclo menstrual, como cólica, dor de cabeça, fadiga e alterações de humor.

O projeto de lei argumenta que os sintomas menstruais podem ser debilitantes para algumas mulheres, dificultando o desempenho no trabalho e a qualidade de vida. O texto cita um estudo recente feito pelo British Medical Journal, que afirma que a cólica e demais sintomas menstruais são “mais que meros incômodos”.

O projeto de lei ainda está em fase de discussão na Câmara Municipal de Porto Alegre. Se aprovado, será encaminhado para sanção do prefeito Sebastião Melo.

Com informações do Portal O Sul.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Podemos exibir anúncios para você?

Parece que você está usando um bloqueador. A exibição de conteúdo publicitário contribui para fazer a informação chegar a você, de forma fácil e gratuita. Por favor, libere a exibição de anúncios para liberar a visualização da notícia.