Veranópolis é o mais novo município a conquistar a adesão ao SISBI via consórcio CISGA

O Prefeito de Veranópolis, Waldemar De Carli, recebeu durante a assembleia dos prefeitos do Cisga, o Título de Reconhecimento de Equivalência do Serviço de Inspeção Municipal (SIM) para integrar o SISBI-POA, documento que certifica que o Serviço de Inspeção Municipal de Veranópolis está aderido ao Serviço Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal – SISBI-POA.

Na quinta-feira, dia 30 de novembro, o Prefeito compartilhou com o Secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Fernando Fracaro, e com a Daniele Andreazza, Médica Veterinária – Coordenadora do Setor de Inspeção de Produtos de Origem Animal, o certificado de reconhecimento recebido do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, outorgado pela Portaria nº 459.

O SISBI-POA é um sistema que permite que produtos fabricados nas agroindústrias de Veranópolis possam ser comercializados em todo o Brasil. O processo de adesão foi realizado através do Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Sustentável da Serra Gaúcha – CISGA.

Para a adesão ao SISBI-POA, o Serviço de Inspeção Municipal deve comprovar a eficiência da inspeção industrial e sanitária dos estabelecimentos fabricantes de produtos de origem animal e demonstrar a equivalência dos procedimentos com a inspeção federal (SIF). Já o estabelecimento indicado deve cumprir todos os requisitos higiênicos e sanitários relativos à estrutura das instalações, programa de boas práticas de fabricação e programa de autocontroles, indispensáveis para a garantia da fabricação de produtos inócuos e seguros ao consumidor.

Esta é mais uma conquista para as agroindústrias de Veranópolis, que terão a oportunidade de comercializar seus produtos em todo o território nacional.

📸 Fotos: Leticia Fracasso

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Podemos exibir anúncios para você?

Parece que você está usando um bloqueador. A exibição de conteúdo publicitário contribui para fazer a informação chegar a você, de forma fácil e gratuita. Por favor, libere a exibição de anúncios para liberar a visualização da notícia.