Fábrica clandestina de pastéis é interditada em Porto Alegre

A Diretoria-Geral de Fiscalização (DGF) interditou na tarde de sexta-feira, 1º, uma fabricante clandestina de pastéis que operava no bairro Santa Rosa de Lima, na Zona Norte. O local foi alvo de denúncias anônimas, enviadas por meio do sistema 156, levantando suspeitas sobre as suas condições sanitárias.

“A informação enviada à fiscalização mencionava que a gordura dos alimentos era escoada, junto com a água, para a calçada. Os agentes da Vigilância Sanitária confirmaram a informação, constatando ainda uma infestação por moscas”, explica a diretora da DGF, Lorencinda Abrão.

A inspeção também flagrou caixas de frango sendo descongeladas sob o sol, em meio a insetos, e caixas com restos de alimentos abertas no pátio do estabelecimento. O proprietário do imóvel interditado recebeu, ainda, uma autuação e foi notificado quanto à necessidade de melhorias imediatas para reabertura.

Quase 200 quilos de alimentos impróprios ao consumo foram apreendidos e inutilizados. A ação mobilizou fiscais da Vigilância Sanitária, Secretaria Municipal de Segurança (Smseg), Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Smdet) e agentes da Guarda Municipal e Polícia Civil.

Denúncias

A população pode contribuir com o trabalho da Diretoria-Geral de Fiscalização por meio de denúncias, que devem ser encaminhadas pelo telefone 156, no aplicativo 156+POA ou no site do sistema 156. A central telefônica funciona 24 horas e aceita ligações anônimas.

*Com a informação PMPA e Porto Alegre 24h.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Podemos exibir anúncios para você?

Parece que você está usando um bloqueador. A exibição de conteúdo publicitário contribui para fazer a informação chegar a você, de forma fácil e gratuita. Por favor, libere a exibição de anúncios para liberar a visualização da notícia.