Estelionatários logram locadora e se apropriam de 21 carros em Passo Fundo

Há uma semana, a Polícia Rodoviária Federal recuperou uma Chevrolet/Tracker de propriedade de uma locadora de veículos, que havia sido furtada em setembro, de uma agência situada em Passo Fundo. A ação aconteceu na BR-287 em Santiago, as informações são da Rádio Uirapuru.

Os policiais rodoviários federais abordaram uma Chevrolet/Tracker conduzida por um homem de 51 anos com ele estavam outros dois passageiros de 69 e 51 anos, todos moradores de Cruz Alta. Ao verificarem a documentação apresentada, os policiais constataram que o veículo havia sido furtado no dia 19 de setembro deste ano.

Segundo o relato da empresa locadora no boletim de ocorrência, um homem firmou um contrato de locação de 21 veículos, com uma de suas agências. Após o fim do contrato o locador não devolveu os veículos e teria inutilizado os sistemas de rastreamento para dificultar a localização.

ESTELIONATÁRIOS LOCAM CARROS E NÃO DEVOLVEM

Uma apuração feita pela reportagem policial da Rádio Planalto News descobriu que golpistas estão usando um novo método para tentar escapar do radar da polícia: locar carros para aplicar os golpes.

Após a Operação Pólis, os estelionatário mudaram o Modus Operandi e passaram a alugar carros de locadoras e não devolver após o término do contrato. As locadoras registram uma ocorrência de apropriação indébita e o carro passa a ser procurado. O caso é apurado como desacordo comercial.

Na semana passada, o passageiro de 69 anos, disse que a tracker estaria sob sua responsabilidade, pois teria locado de uma empresa terceira, de um conhecido seu, morador de Passo Fundo.

Os três ocupantes já possuem antecedentes criminais por estelionato. Eles foram presos e encaminhados à polícia civil local, e liberados após o registro. O veículo foi removido ao depósito credenciado e aguarda devolução à empresa proprietária.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Podemos exibir anúncios para você?

Parece que você está usando um bloqueador. A exibição de conteúdo publicitário contribui para fazer a informação chegar a você, de forma fácil e gratuita. Por favor, libere a exibição de anúncios para liberar a visualização da notícia.