Obras de despoluição do Lago Fasolo começam em Bento Gonçalves

As obras de despoluição do Lago Fasolo, em Bento Gonçalves, começaram nesta segunda-feira (18). A empresa Bripaza, contratada de forma emergencial pela AEGEA/ Corsan, será responsável pelas obras no local. O valor investido será de R$ 1.676.237,89.

A obra consiste na construção de uma rede coletora, elevatória de esgoto bruto, linha de recalque e estação de tratamento no lago. A previsão de duração é de cinco meses.

Com a obra, 104 casas receberão a ligação de esgoto, beneficiando cerca de 300 pessoas.

As obras de despoluição do Lago Fasolo, em Bento Gonçalves, começaram nesta segunda-feira (18). A empresa Bripaza, contratada de forma emergencial pela AEGEA/ Corsan, será responsável pelas obras no local. O valor investido será de R$ 1.676.237,89.

A construção será executada em etapas, prevendo aterro, rede coletora e emissário, montagem da elevatória, estação de tratamento de esgoto e parte elétrica. Para a obra será necessária a construção de uma estrada de 4m de largura e cerca de 300 m no lago, etapa que já consta com licenciamento ambiental.

A estação terá 04 reservatórios de 20 mil litros cada, atendendo a coleta leste e sul do lago.

A Diretora-presidente da Corsan Samanta Takimi destacou que “é um momento único. É um evento muito importante para Bento Gonçalves. É uma alegria dar início a essa obra que é um símbolo da luta do município pelo tratamento do esgoto, pelo acesso a toda a população a qualidade vida e saúde. Uma prioridade que o Prefeito Diogo sempre nos solicitou”.

Com a obra, 104 casas receberão a ligação de esgoto, beneficiando cerca de 300 pessoas.

O lago, adquirido na década de 40, tem uma área de 4,6 hectares, sendo 2,6 hectares de área particular em execução judicial. Desde 2004, o Ministério Público instaurou um inquérito civil para investigar a situação da poluição, na área particular. Em 2013, foi definido a Corsan como responsável para prosseguimento na ligação de esgoto das residências. O IPURB, e a Secretaria do Meio Ambiente, auxiliaram no levantamento de todos os imóveis que há necessidade de ligação, e apresentaram a empresa. Foi criada a Frente Parlamentar em Defesa do Lago Fasolo na Câmara de Vereadores.

A obra se tornou uma prioridade da administração Municipal. “Esse Lago é maravilhoso, um lugar lindo que temos em Bento Gonçalves. Um pulmão que temos na cidade. Uma demanda de mais de 30 anos para que conseguíssemos melhorar toda a localidade. Aqui são inúmeros projetos que a sociedade privada nos apresentou, mas precisamos iniciar com essa despoluição. Essa é a base, o primeiro passo para posteriormente efetuar a revitalização. Um grande investimento da Aegea/ Corsan e prefeitura, e toda comunidade que lutou. Vamos despoluir o Lago Fasolo”.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Podemos exibir anúncios para você?

Parece que você está usando um bloqueador. A exibição de conteúdo publicitário contribui para fazer a informação chegar a você, de forma fácil e gratuita. Por favor, libere a exibição de anúncios para liberar a visualização da notícia.