Inter empata no Beira-Rio com o Juventude

O Colorado abriu a temporada 2023 com empate. No Beira-Rio, Carlos de Pena e Pedro Henrique, ambos com golaços, marcaram os gols da igualdade de 2 a 2 com o Juventude. A partida desta noite de sábado (21/01) integrou a primeira rodada do Gauchão. Na próxima quarta-feira, o Inter voltará a campo diante do Avenida, em Santa Cruz do Sul, a partir das 19h.

Gol cedo e cera ajudam o rival

Os primeiros movimentos de partida deram a impressão de que o Inter abriria o placar a qualquer momento. Logo cedo, Wanderson e Moledo botaram a defesa serrana para trabalhar, e incendiaram as arquibancadas do Beira-Rio, que recebiam bom público. Em um lance fortuito, porém, o Juventude marcou. Após pressão bem-sucedida na saída de jogo colorada, Mandaca chutou de longe, Keiller deu rebote e Rodrigo colocou os visitantes em vantagem.

Marcado aos três minutos de confronto, o gol caxiense foi sucedido por diversas oportunidades do Clube do Povo, a maioria criada pela esquerda, onde Wanderson e Carlos de Pena ofereciam boas alternativas de passe para Alan Patrick. O camisa 11, bastante agudo, parou em pelo menos dois milagres de Pegorari, que sucedia cada defesa com boas doses de antijogo. A cera do goleiro foi tamanha que lhe cobrou um cartão amarelo, recebido aos 17.

Pressão pelo resultado

O Inter queria a vitória, e deu sinais claros de sua ambição após o reinício de confronto. Aos dois minutos, Carlos de Pena recebeu bom passe de Wanderson, ganhou ângulo para a perna esquerda após driblar o primeiro marcador e chutou forte, cruzado, fora do alcance do teimoso goleiro. O Clube do Povo chegava ao empate, quase sucedido por vitória aos quatro, quando Alan Patrick foi derrubado na área, mas em lance ignorado pela arbitragem.

Completamente voltado ao ataque, o Colorado voltou a ser vazado no minuto 17. Depois de corte parcial da zaga, Echaporã dominou o rebote dentro da área alvirrubra, fintou dois marcadores e, a partir da direita, chutou rasteiro. A bola desviou em Vitão, matou e Keiller e morreu na meta vermelha. De novo, o Inter precisaria buscar a igualdade. Mais uma vez, conseguiu.

Mano reagiu à desvantagem com duas mudanças. Nas vagas de Johnny e Wanderson entraram Matheus Dias e Pedro Henrique, dupla responsável por retomar as rédeas da partida. Com eles, o Inter voltou a monopolizar a posse de bola de maneira propositiva. E PH tirou proveito disso. Depois de boa jogada de Vitão, Mauricio recebeu na direita da grande área alviverde e cruzou rasteiro. Alemão, inteligente, fez o corta-luz, e Pedro não perdoou. Mais um golaço!

Os três pontos não vieram, embora novas chances tenham sido criadas. Na luta pela vitória, Mano ainda escalou Lucca, que fez sua estreia como atleta profissional, Estêvão e Lucas Ramos. Absolutamente retrancado, o Juventude praticamente abdicou dos contragolpes, embora tenha assustado nos poucos escapes que teve antes do apito final. Desta forma, o Inter abriu 2023 com empate e um ponto somado.

Apesar da chuva, torcida marcou presença/Foto: Ricardo Duarte

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Podemos exibir anúncios para você?

Parece que você está usando um bloqueador. A exibição de conteúdo publicitário contribui para fazer a informação chegar a você, de forma fácil e gratuita. Por favor, libere a exibição de anúncios para liberar a visualização da notícia.