Geral

Adolescente de 17 anos é flagrado conduzindo caminhão de soja

Na noite desse sábado, 15, a Polícia Rodoviária Federal flagrou um menor, de 17 anos, dirigindo um bitrem carregado de soja com quase 40 toneladas de peso. O fato ocorreu na BR 116 em Capão do Leão.

Na ação que faz parte da Operação Maio Amarelo, realizada pela PRF durante este mês em todo o estado, os policiais rodoviários federais realizavam fiscalização na rodovia quando abordaram dois bitrens, que seguiam juntos. Ao se aproximarem da cabine de um dos caminhões, os policiais notaram de imediato que o condutor do pesado veículo era um menor de idade, confirmado depois pela consulta ao documento de identidade do adolescente, quando foi constatado que ele tinha 17 anos.

Ao verificarem o tacógrafo do caminhão conduzido pelo adolescente, os PRFs constataram que a informação contida nele era a de que o motorista responsável seria o próprio pai do jovem, 54 anos, de Pelotas, porém ele estava dirigindo outro bitrem, também com quase 40 toneladas de peso, carregado de soja, que estava com o equipamento tacógrafo do bitrem conduzido por ele com defeito e sem o disco. Os dois caminhões são dele, e ele disse aos PRFs que não conseguiu contratar um motorista para dirigir o segundo bitrem. Disse também que o filho, de 17 anos, sempre se interessou pela sua profissão. Os dois bitrens viajavam carregados de Arroio Grande com destino a Rio Grande.

Os PRFs ratificam que, para dirigir um bitrem, é necessário ter CNH de categoria “E”, e só é possível obtê-la a partir de 21 anos.

O pai do adolescente foi notificado, conforme o Manual Brasileiro de Fiscalização de Trânsito, onde consta a caracterização da conduta pelas infrações cometidas e assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência – TCO por permitir ao filho, menor de idade, que conduzisse seu caminhão sem habilitação.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios