Geral

Leite sinaliza intenção de liberar atividades econômicas nos sete dias da semana no RS

Após reunião com o prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo, o governador gaúcho Eduardo Leite sinalizou que pretende liberar o funcionamento das atividades econômicas nos sete dias da semana. A afirmação ocorreu durante coletiva de imprensa depois do encontro realizado no Paço Municipal, na tarde desta quarta-feira.

“É a nossa intenção, é a minha expectativa […] O que a gente está verificando é uma redução de circulação do vírus, redução de internações… e com responsabilidade a gente vai dando esses passos para o retorno das atividades econômicas sob protocolos. A prefeitura de Porto Alegre tem compromisso na fiscalização, e isso foi expresso pelo prefeito Sebastião Melo. Mas como o governo do Estado deve cuidar do Estado todo, nós demandamos que as prefeituras apresentassem seus planos de fiscalização, e centenas já apresentaram, incluindo Porto Alegre. Por que? Porque para poder dar um próximo passo na flexibilização das atividades econômicas, como de restaurantes, bares… no período da noite, e outras atividades, incluindo essas nos finais de semana, a gente tem que ter segurança e certeza que os protocolos serão cumpridos”, disse Leite.

De acordo com ele, porém, a decisão só vai ser anunciada após uma avaliação do gabinete de crise, responsável por analisar e definir semanalmente as ações de enfrentamento da pandemia no Rio Grande do Sul. Leite também afirmou que a reunião com Melo era de cortesia, uma vez que o prefeito Sebastião Melo tomou posse, nessa terça, como presidente da Granpal (Consórcio dos Municípios da Região Metropolitana). O governador ainda mencionou que “devia uma visita ao chefe do executivo municipal, que já havia ido algumas vezes ao Palácio Piratini“.

Durante a reunião, o governador também convidou os quadros técnicos da prefeitura a participarem da reunião desta semana do gabinete de crise, na sexta. De acordo com o prefeito Sebastião Melo, o chamado vai ser atendido.

“Nossa fiscalização é centralizada também. Isso é um compromisso nosso. Nós também estamos defendendo que os restaurante pudessem funcionar até às 22h e que outras atividades, como academias, feiras livres, buffets pudessem voltar sob os devidos protocolos sanitários. Então, nós vamos participar, a partir de amanhã, dos quadros técnicos do comitê, para podermos também participar do debate e, depois, sob a liderança do governador, decidir um processo de cogestão”, relatou o prefeito, que apresentou os protocolos de funcionamento das atividades nos sete dias da semana ao governador.

Ainda nesta quarta, mais cedo, em entrevista ao programa Esfera Pública, da Rádio Guaíba, o prefeito da capital já havia afirmado a intenção de respeitar o venha a ser definido pelo comitê técnico de Distanciamento Controlado, contanto que a decisão seja conversada.

Com informações da Rádio Guaíba.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Um Comentário

Botão Voltar ao topo

Valorize o investimento na reportagem e jornalismo. Cópia somente com citação de fonte.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios