Policial

Ação da Polícia Civil e Brigada Militar prendem principal foragido acusado de roubo a banco do RS

A Polícia Civil e Brigada Militar, em ação conjunta, deflagraram ação que implicou na captura de um dos principais foragidos do Rio Grande do Sul, relacionado a crimes de roubos a estabelecimentos bancários.

As ações foram executadas na cidade de Alvorada, mais precisamente, no bairro Maria Regina.

Em cumprimento a mandado de busca e apreensão, foram apreendidos diversos objetos relacionados a investigação criminal: uma pistola marca Taurus calibre 9mm e com numeração suprimida, colete balístico, radio comunicador e aparelhos celulares.

O foragido possui 2 (dois) mandados de prisão preventiva expedidos em seu desfavor. Um deles é pela participação no roubo a estabelecimento bancário em 2016, ocasião em que tentaram, com emprego de explosivos, roubar o Banco do Brasil em Arroio dos Ratos.

Desde 2016, na condição de foragido da justiça, o alvo vem praticando crimes patrimoniais, tendo se relacionado, inclusive, com roubos a depósito e transporte de cargas (celulares – Zona Norte de Porto Alegre).

Em data mais recente, foi possível identificar fatos praticados pelo ora capturado, mais especificamente, um roubo a estabelecimento bancário na forma tentada, ocorrido na cidade de Esteio, em 2020. Por esse delito, houve a decretação de sua prisão preventiva.

As ações operacionais, realizadas nesta data, foram executadas pela 1ª Delegacia de Polícia de Repressão a Roubos, da PCRS e pela Agência Central de Inteligência, da BMRS, com apoio da Divisão de Operações Aéreas/PCRS, que objetivaram, especialmente, a captura de um dos alvos de recente operação que foi realizada no último dia 30 de março.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Valorize o investimento na reportagem e jornalismo. Cópia somente com citação de fonte.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios