Notícias

A Páscoa de ontem e a Páscoa de hoje: relembre como era celebrado esse momento antes da pandemia

Com a covid-19 e as consequentes restrições impostas, a forma de celebrar a Páscoa mudou

Há um ano a pandemia de covid-19 alterou a vida de toda a humanidade. Pelo fato do coronavírus ser de alta transmissibilidade, a interação entre as pessoas precisou ser alterada e, por consequência, todas as atividades dela decorrentes. Festas, trabalho, escola, hospitais, restaurantes, lojas, todos os locais precisaram alterar sua forma de viver e agir cotidianamente. A máscara tirou o protagonismo do sorriso e é a companheira mais segura e fiel das pessoas nos últimos meses.

Em decorrência de todo esse contexto, as celebrações mais tradicionais foram, também, modificadas. A Páscoa está entre elas. Sendo uma das primeiras datas especiais a ser atingida pela pandemia em 2020, vê-se agora novamente com atividades limitadas, por conta do avanço do vírus. Pelo segundo ano consecutivo, as famílias precisarão ficar distantes fisicamente entre si e as atividades religiosas estarão restritas ao meio on-line.

Mas nem sempre foi assim. Antes da chegada do coronavírus, essa data era repleta de interações físicas e presenciais. Com o objetivo de rememorar o passado e projetar a esperança de dias melhores para o futuro, a Studio preparou um álbum com fotos de celebrações, festas e atividades realizadas antes da pandemia. Ver o espírito da Páscoa na prática é essencial para rememorar que em 2021, mesmo com formas diferentes de celebrar, a Páscoa segue com o mesmo significado, que é de renovação.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Valorize o investimento na reportagem e jornalismo. Cópia somente com citação de fonte.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios