EsportesStudio Sports

Decepcionante – Grêmio 0x1 Palmeiras (Copa do Brasil – Final – ida)

Final de Copa do Brasil 2020. Grêmio e Palmeiras. Seria para ser uma partida emocionante. Seria, se os times envolvidos estivessem na fissura de ganhar. E neste domingo (28), infelizmente, somente um estava com essa fissura e foi o Palmeiras.

É estranho a atitude em campo do Grêmio nos últimos meses. Até se tinha a desculpa da final da Copa do Brasil, a preparação para essa decisão, a proteção de jogadores importantes, enfim, tudo para fazer duas partidas únicas, porém, não foi o que aconteceu.

Algumas individualidades bem, mas a maioria muito mal. Coletivamente o time estava perdido, sem organização e mal preparado fisicamente. E o pior, desinteressado. Foi muito difícil ver o Grêmio neste primeiro confronto. E olha que tento não ser muito crítico, mas foi preocupante e brochante…

Imagens: Grêmio FBPA, divulgação

Desde o início o Palmeiras foi melhor. Mais organizado, mas nada que assustasse, era o time que chegava. E em uma delas fez o gol da vitória.

Começou errado com a bola perdida por Matheus Henrique. Depois, bola na pequena área e Paulo Victor não saiu. O zagueiro palmeirense fez de cabeça. No segundo tempo, mesmo com um a mais por boa parte, o Grêmio até pressionou, mas sem condições de empatar.

Vai ser difícil reverter em São Paulo, mas nunca podemos duvidar do Tricolor. Sempre mostrou sua imortalidade e sua raça por essa Copa. Basta os jogadores entenderem isso. Basta Renato colocar os melhores. Basta ser o verdadeiro Grêmio!

Força e raça para o HEXA!

COMO JOGARAM:

Paulo Victor – Não saiu no gol – 5,0

Victor Ferraz – Muito lento – 3,0

Paulo Miranda – Não serve – 4,0

Kanemann – Um dos poucos que se salvou. Muita raça – 7,0

Diogo Barbosa – Tentou algumas jogadas – 6,0

Maicon – O único do meio que tentava – 7,0

Matheus Henrique – Geração vídeo game fraca – 5,0

Jean Pyerre – “É us guri” só do vídeo game – 4,0

Alisson – Muito fraco e mal fisicamente – 3,0

Pepê – Cabeça na Europa – 4,0

Diego Souza – Só joga se a bola vai nele – 4,0

Vanderson – Não pode ser reserva – 6,0

Churín – Tentou e não fez nada – 4,0

Ferreira – Não pode ser reserva do Alisson. Mudou o jogo – 8,0

Isaque – Entrou sem saber o que tinha que fazer – 4,0

Thaciano – Não sei porque entra – 4,0

Renato Portaluppi – Decepção – 3,0

SAMUCA SCARTON

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Valorize o investimento na reportagem e jornalismo. Cópia somente com citação de fonte.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios