Geral

Secretária da Saúde de Caxias do Sul confirma que não há leitos de UTI SUS disponíveis na cidade

Segundo o Portal Leouve, em pronunciamento na manhã desta terça-feira (23), na Câmara de Vereadores de Caxias do Sul, a a secretária municipal da Saúde, Daniele Meneguzzi, informou que a cidade apresenta 100% dos leitos de UTI do SUS ocupados. Além disso, 85% dos leitos da rede privada estão utilizados, acrescentou a titular da SMS.

Os números preocupam as autoridades de saúde que orientaram a pacientes que suspeitam ter contraído covid-19 e que apresentam sintomas respiratórios leves devem procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS) para o primeiro atendimento. Só devem procurar as tendas instaladas junto às UPAs Central e Zona Norte aqueles que tiverem os sintomas agravados ou que, por algum motivo, não tenham conseguido atendimento em UBS.

Esses procedimentos são necessários para dinamizar e agilizar os atendimentos, para que os doentes permaneçam menos tempo na espera. Segundo a SMS, cerca de 80% das pessoas que têm buscado atendimento nas tendas apresentam sintomas leves e poderiam ser atendidas em UBSs, desafogando as filas nas tendas.

A orientação é que pessoas com sintomas leves como tosse, coriza, febre, dor no corpo e dor de cabeça, devem ir à UBS de referência. O paciente será atendido e, se necessário, será encaminhado para realizar o teste de covid-19. O doente já sai da UBS com o exame RT-PCR agendado.

Os pacientes cujos sintomas piorarem após a consulta na UBS ou que sentirem falta de ar devem procurar atendimento em uma das tendas, junto à UPA Central ou junto à UPA Zona Norte.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios