EsportesStudio Sports

Nem precisava – Botafogo 2×5 Grêmio (Campeonato Brasileiro – 35ª Rodada)

A goleada gremista sobre o já rebaixado Botafogo, é daquelas partidas feitas só para cumprir tabela, pelo me nos na minha avaliação. Não fez diferença alguma para o Grêmio e muito menos para os cariocas!

Alguns poderão dizer que a vitória era importante para retomar a confiança – aí sim devo concordar – mas para garantir vaga na próxima Copa Libertadores, não me serve. Se é para estar na LA de 2021, que seja vencendo a Copa do Brasil daqui alguns dias, senão, devemos jogar a Sul-Americana, ou quem sabe (enfim), priorizar o campeonato nacional.

Não acho errado, no momento, abandonar definitivamente o Brasileiro para se dedicar única e exclusivamente para vencer pela sexta vez a Copa do Brasil. Convenhamos, ser campeão novamente é muito mais importante do que tentar uma vaga para a Pré-Libertadores.

Imagens: Grêmio FBPA, divulgação

Particularmente, não penso em outra coisa que não seja o título da Copa do Brasil e explico porquê: Primeiro, é um título nacional de grande importância. Segundo, deverá dar um bom dinheiro no caixa tricolor. Terceiro, fecha a temporada com chave de ouro. Quarto, enaltece ainda mais a passagem de Renato Portaluppi pelo Grêmio, pois acredito que ambos não deverão renovar o contrato.

Se minha opinião fosse levada a direção gremista, certamente seria de manter o atual técnico, porém, com algumas mudanças no elenco, até porque não temos à disposição ninguém a altura de Renato Gaúcho para assumir o comando tricolor. Cá entre nós, ele cumpre muito bem a função de ex-jogador, ídolo e técnico. É o nome perfeito para o Grêmio. Mas a vida é feita de ciclos e me parece que esta passagem está próxima do seu fim…

Com o findar da estranha temporada de 2020, espero que possamos levantar mais um caneco e que em 2021 tenhamos capacidade para levantarmos taças que há anos não conquistamos.

Que venha o milionário Palmeiras, é o jogo que gostamos de jogar!

Rumo ao hexa!

COMO JOGARAM:

Paulo Victor – Fez ótimas defesas, apesar de não jogar a tempo – 7,0

Vanderson – Ataca muito bem, mas precisa de mais experiência. Tem ótimo futuro no Grêmio, basta ter oportunidades – 6,0

Paulo Miranda – Trata-se apenas de um bom reserva – 6,0

David Braz – Caiu muito de rendimento, me parece irreconhecível – 4,0

Cortez – Cumpriu bem o seu papel – 7,0

Matheus Henrique – Jogou muito bem e fez dois gols. Faz a diferença no meio-campo – 8,0

Maicon – Sua qualidade é visível, um grande jogador – 7,0

Alisson – Abriu a porteira com o primeiro gol – 7,0

Jean Pyerre – É de altos e baixos, como neste jogo. Espero que se mantenha bem – 8,0

Pepê – Está com a cabeça na Europa, mas pode contribuir muito ainda – 7,0

Diego Churín – Apesar da partida ruim, correu muito e, como sempre, se doou muito – 7,0

Lucas Silva – Não teve grande atuação, só entrou para substituir Maicon – 5,0

Ferreira – Sempre muito intenso, acho que merece espaço no time titular – 6,0

Isaque – Boa movimentação e participação em dois gols – 7,0

Tachiano – Nem vim em campo – 5,0

Rodrigues – Entrou fora de função e não comprometeu – 6,0

Renato Portaluppi – Deveria ter colocado o time que vai enfrentar o Palmeiras, porém, não sabemos o que se passa dentro do vestiário. Tem meu total apoio e saberá conduzir o Grêmio para mais um título – 7,0

ROMEO M. TEDESCO

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Valorize o investimento na reportagem e jornalismo. Cópia somente com citação de fonte.

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios