You dont have javascript enabled! Please download Google Chrome!

Resenhas Studio Sports

Gre-Nal da igualdade – Internacional 0x0 Grêmio (Campeonato Gaúcho – Final – ida)

O Campeonato Gaúcho desse ano nos presenteou com uma final com clássico GRE-NAL. A última vez tinha acontecido isso foi em 2015, com a taça nas mãos do Colorado.

Gre-Nal esse que chegou em um bom momento de ambas equipes. O Inter com classificação antecipada para as Oitavas de Final da Copa Libertadores, e o Grêmio invicto no Gauchão. Clássico sem favorito e que provavelmente será decidido no detalhe.

No primeiro embate no Beira-Rio, neste domingo (14) foi de muita disputa. O Grêmio com pouco mais de posse de bola, e o Inter um pouco superior e com mais chances de gol. Um jogo bem disputado e não muito faltoso. As duas equipes mostraram suas qualidades e por isso tivemos um bom jogo. Talvez seria mais justo que a partida tivesse terminado com gols, já que algumas chances foram criadas.

Vale elogiar as defesas que se sobressaíram sobre os ataques. Duas boas defesas contra dois bons ataques. Parabéns para Moledo/Cuesta e para a dupla do Grêmio, juntamente com o goleiro Paulo Victor.

À exemplo do que aconteceu nos dois últimos jogos pela Copa libertadores, o Inter teve uma baixa ainda no primeiro tempo. Não sei se problemas físicos, azar, enfim…acaba prejudicando um pouco os planos de Odair Hellmann.

Acho que o técnico inclusive, segue pecando na pouca utilização de Wellington Silva, Sarrafiore e Nonato nas partidas “grandes”. Gostaria que fossem mais usados, para quem sabe mudar o andamento dos jogos.

Agora a decisão é na Arena e o favoritismo fica para o lado gremista!

Até quarta-feira e que vença quem for merecedor. Sempre na torcida pelo Sport Club Internacional!

NOTAS:

Marcelo Lomba – Pouco exigido – 6,0

Zeca – Muita isolado e por isso com dificuldade nos primeiros 25 minutos – 5,5

Moledo – Ganhou praticamente todos enfrentamentos – 7,0

Cuesta – Partida segura do gringo – 7,0

Iago – Pouco exigido na defesa e algumas chegadas na frente – 6,0

Rithely – Muito pouco tempo até ser substituído – 5,0

Edenilson – Um dos melhores jogadores de 2019 – 6,5

Patrick – Até que teve pernas fez um jogo razoável, depois cansou e não foi substituído – 6,0

D’Alessandro – Com a bola no pé sabe muito. Tem que jogar até cansar – 6,5

Nico López – Talvez um pouco abaixo das partidas anteriores, mas foi o jogador mais perigoso do time – 7,0

Guerrero – Muito bem marcado e pouco abastecido pelos companheiros – 5,5

Rodrigo Lindoso – Entrou em uma “fria”, mas não comprometeu – 6,0

Guilherme Parede – Não teve muito tempo em campo e talvez não fosse a melhor opção – 5,5

Rafael Sóbis – Sem tempo suficiente – sem nota

Odair Hellmann – Escalou bem a equipe, corrigiu um pouco a marcação do lado direito e foi superior ao adversário, mas discordo das substituições – 7,0

Dé Badalotti

– Quer receber as notícias da Studio no seu WhatsApp? Então clique aqui e faça parte de nosso grupo.

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Agenda | Próximos Eventos

  1. Ultramen | SOAL

    6 julho | 23:30

WhatsApp

error: Este conteúdo é protegido