Defesa Civil apresenta balanço de ações durante evento climático

Até o momento, há 63 pessoas feridas, 2.653 desabrigadas e 7.527 desalojadas. Mais de 194 mil foram afetadas, direta ou indiretamente, pelas fortes chuvas, vendavais, enxurradas, inundações, soterramentos e a microexplosão, evento ocorrido em Giruá que feriu fatalmente uma mulher. Os outros óbitos foram de duas mulheres, soterradas em sua residência em Gramado, e de um homem, que tentou atravessar as águas com seu carro e foi arrastado em Vila Flores.

Desde o início dos eventos, a Defesa Civil do Estado articulou o trabalho das forças de resposta. Corpo de Bombeiros Militar, Brigada Militar, Exército e coordenadorias regionais e municipais de Proteção e Defesa Civil têm agido incessantemente nas ações de resgate, salvamento e buscas, além de retirada de pessoas de áreas de risco, preventivamente, e ações de ajuda humanitária.

Com a intensificação das chuvas e a resposta nas bacias hidrográficas, que já estavam na condição de alerta, no sábado (18/11), a equipe da Sala de Situação previu uma nova inundação com níveis elevados no Vale do Taquari, semelhantes aos da enchente do início de setembro.

Imediatamente foi estabelecido o Sistema de Comando de Incidentes, e as equipes da Defesa Civil se dirigiram para a região no sábado, fixando a base operacional na prefeitura de Encantado, onde as representações dos órgãos públicos têm trabalhado.

No Vale do Taquari, os desabrigados são atendidos em 35 abrigos em dez municípios (Arroio do Meio, Colinas, Cruzeiro do Sul, Encantado, Estrela, Lajeado, Muçum, Roca Sales, Santa Tereza e Taquari).

A Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil entregou cestas básicas para os seguintes municípios: Alegrete (400), Giruá (200), São Borja (400), Vila Nova do Sul (250), Arroio do Meio (150), Muçum (150), Roca Sales (150). Também foram entregues 750 litros de água potável para Muçum e 750 litros para Roca Sales.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Podemos exibir anúncios para você?

Parece que você está usando um bloqueador. A exibição de conteúdo publicitário contribui para fazer a informação chegar a você, de forma fácil e gratuita. Por favor, libere a exibição de anúncios para liberar a visualização da notícia.