Incêndio atinge Teatro Castro Alves, em Salvador

Segundo os bombeiros, as chamas se concentraram no teto do espaço

Um incêndio atingiu no início da tarde de hoje (25) o  Teatro Castro Alves, em Salvador. De acordo com o Corpo de Bombeiros, as chamas se concentraram apenas no teto do espaço, que é o maior complexo de salas de espetáculos da Bahia. Os focos de fumaça podiam ser vistos de longe, devido ao material inflamável usado numa obra na cúpula do espaço.

Os bombeiros informaram que o fogo não chegou a se propagar para outras dependências internas do prédio, que abriga vários espaços: a Sala Principal, Sala do Coro, Concha Acústica, Foyer, Centro Técnico, Vão-Livre, Jardim Suspenso e o Café Teatro.

A equipe que trabalha no teatro foi retirada do espaço por medida de segurança. Não há informações sobre feridos.

A Defesa Civil de Salvador informou que, por volta das 16h, as chamas já estavam controladas pelo Corpo de Bombeiros, e foi iniciada a operação de limpeza do prédio.

Uma vistoria preliminar apontou que o fogo começou na cobertura do teatro, onde há execução de serviço e presença de material inflamável, como fibras e resinas. Segundo a Defesa Civil, o sistema anti-incêndio instalado na parte inferior do prédio foi acionado e ajudou a conter o alastramento do incêndio. Na inspeção inicial, não foi constatado que as estruturas tenham sido afetadas.

Recuperação

Após o incêndio que atingiu a parte superior do teatro, o governador da Bahia, Jerônimo Rodrigues, determinou trabalho conjunto de diferentes órgãos estaduais e garantiu a recuperação do espaço com a “máxima brevidade”.

“Sigo acompanhando de perto a atuação das forças estaduais, principalmente do Corpo de Bombeiros. O TCA é um patrimônio cultural do nosso estado e determinei que o Corpo de Bombeiros, secretarias de Cultura, Turismo e Casa Civil do Estado, junto com a direção do equipamento, trabalhem de forma conjunta e ágil para avaliar os danos causados pelo incêndio e para recuperar com máxima brevidade as estruturas danificadas. Da forma mais rápida e segura, o teatro será reaberto para seguir fortalecendo a nossa agenda cultural”, afirmou Jerônimo Rodrigues.

Incêndio em 1958

O Teatro Castro Alves foi atingido por um incêndio em 1958, a poucos dias da inauguração. Devido ao fogo, o teatro ficou fechado por quase nove anos, e só foi oficialmente inaugurado em março de 1967. Em 1989, o Castro Alves passou por uma grande reforma e foi reinaugurado em 1993.

*Informações: Agência Brasil

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo