Homem fica gravemente ferido após ser atropelado por veículo no interior de Bento Gonçalves

Um homem, 42 anos, foi vítima de atropelamento no final da noite deste sábado, 3, na ERS-431, na Linha Paulina, em Faria Lemos, interior de Bento Gonçalves.

Segundo informações obtidas pela reportagem da Rádio Difusora, um veículo, Spin, placas de Serafina Corrêa, trafegava pela rodovia estadual no sentido São Valentim do Sul-Bento Gonçalves, ao chegar no local do fato, o motorista percebeu que tinha atingido algo.

O condutor dirigiu-se até o posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), e relatou que havia colidido seu veículo com alguma coisa, que não conseguiu visualizar o que ele tinha atingido, seria um animal ou uma pessoa.

Os policiais rodoviários federais deslocaram até o local para averiguar e solicitaram que ele permanecesse no posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), chegando no local indicado, a equipe encontrou o homem atropelado com a perna quebrada e algumas outras escoriações.

Foi acionado o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) e o Grupo Rodoviário da Brigada Militar de Garibaldi, sendo a vítima conduzida ao hospital Tacchini, ficando internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) em estado grave.

Os policiais rodoviários federais e estaduais retornaram ao posto da PRF para coleta dos dados do condutor do veículo para o registro. Foi lavrado um Boletim de Comunicação de Ocorrência Policial (BOCOP). O motorista realizou o teste do etilômetro com resultado negativo para alcoolemia e posterior foi liberado.

Na manhã desta segunda-feira, 5, a vítima de atropelamento foi encaminhada para o hospital São Carlos da cidade de Farroupilha, e o seu estado de saúde, ainda, era considerado grave.

Informações Rádio Difusora.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo