Adolescente que matou pessoas em ataque a escolas cumprirá três anos de internação

O adolescente de 16 anos que matou quatro pessoas e feriu outras 12 em um ataque a duas escolas de Aracruz, no Espírito Santo, vai cumprir três anos de internação, tempo máximo estabelecido pela lei como medida socioeducativa a menores infratores.

A sentença, publicada nesta quarta-feira (7.dez), foi dada pelo juiz da Vara da Infância e Juventude de Aracruz, Felipe Leitão. Desde o dia em que cometeu o crime, o menor está internado no Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases), em Cariacica, região metropolitana de Vitória.

Três vítimas ainda seguem internadas: uma estudante de 14 anos, baleada na cabeça, e duas professoras, de 37 e 51 anos. O ataque ocorreu no dia 25 de novembro. Em entrevista ao jornal A Tribuna, da afiliada do SBT no território capixaba, o pai do adolescente negou que tenha ensinado o filho a atirar. Ele também pediu perdão às vítimas, e afirmou que o assassino precisa pagar pelo que fez.

Os pais do jovem já prestaram depoimento à polícia. De acordo com a Polícia Civil do Espírito Santo, o atirador almoçou e foi com eles para uma casa de praia logo após o crime.

Informações SBT.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo