Em Caxias do Sul, ganhador de quase 160 milhões de reais na Mega-Sena ainda é um mistério

As eleições não foram o único assunto nas rodas de conversa em Caxias do Sul (Serra Gaúcha) ao longo desta segunda-feira (3). Afinal, há uma curiosidade geral sobre a identidade do cidadão ou cidadã local que ainda não foi buscar o prêmio de R$ 158,9 milhões obtido ao dividir com aposta do Interior paulista um dos maiores prêmios da história da Mega-Sena, no último sábado (1º).

O mistério é ainda maior por conta da modalidade por ele escolhida para efetuar seu prognóstico: um jogo simples de seis dezenas registrado na internet, por meio do site oficial da Caixa. Ou seja: nem mesmo os funcionários de agências lotéricas da segunda cidade mais populosa do Rio Grande do Sul (mais de 520 mil habitantes) são capazes de arriscar um palpite.

As dezenas contempladas pelo concurso nº 2.525 foram 04, 13, 21, 26, 47, 51. Seus acertadores encerraram um ciclo de 14 sorteios acumulados.

Outras 26 apostas gaúchas acertaram cinco números, fazendo jus a R$ 33,9 mil. Os jogos foram registrados em Porto Alegre e também nas cidades de Camaquã, Canela, Canoas, Carazinho, Caxias do Sul, Dom Pedrito, Encantado, Farroupilha, Lajeado, Rio Grande, Rio Pardo, São Leopoldo, Sapucaia do Sul, Terra de Areia e Uruguaiana.

Como apostar

Para o sorteio desta quarta-feira (5), o prêmio principal é bem mais modesto: R$ 3 milhões. Quantia, no entanto, suficiente para resolver a vida financeira da maioria dos brasileiros.

Com preço a partir de R$ 4,50 (versão simples de seis dezenas), a Mega-Sena pode ser apostada em qualquer agência lotérica credenciada pela Caixa Econômica Federal – ou pelo site caixa.gov.br. A única exigência é ter ao menos 18 anos de idade.

O horário de funcionamento das unidades pode variar conforme o perfil do estabelecimento: enquanto a maioria encerra o expediente por volta das 18h, nas lojas de shopping centers é possível registrar o prognóstico até as 19h.

Informações Marcello Campos, O Sul.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios