Neve histórica nas primeiras horas da primavera branqueia paisagem

O primeiro amanhecer da primavera de 2022 teve neve acumulada no solo no distrito do Cruzeiro, em São Joaquim, no Planalto Sul Catarinense, a uma altitude de 1.500 metros. Trata-se de um evento meteorológico histórico não apenas por ser uma neve muito tardia como com acumulação em plena estação das flores, as informações são da Metsul.

A neve foi consequência da interação da instabilidade da circulação de umidade de um ciclone extratropical na costa do Rio Grande do Sul com o ar polar de trajetória continental ingressando pelo Norte da Argentina, o modelo clássico para a ocorrência de neve no Sul do Brasil. 

Eventos de neve de circulação ciclônica não raro trazem pancadas curtas de precipitação invernal, o que explica a pequena acumulação observada no amanhecer de hoje na área mais elevada de São Joaquim. A MetSul Meteorologia antecipava em seus prognósticos a possibilidade de nevar em São Joaquim e região.

A neve começou a cair nos primeiros minutos da primavera que teve início às 22h04 da quinta-feira, quando a instabilidade atuava na região e o ar polar chegava com força. Com a manutenção da Instabilidade, a neve prosseguiu na madrugada e acumulou. 

Ocorrências de neve em plena primavera não são inéditas, mas pouco comuns na estatística histórica. De acordo com pesquisa do geógrafo Nilson Wolff, autor do livro “A Neve no Brasil”, a lista de episódios de precipitação de neve no Brasil durante a estação das flores não é muito longa.

Conforme a pesquisa de Wolff, a neve caiu na primavera em 26 de setembro de 1950 em Bom Jesus, com mínima de -0,9°C. Depois; em 27 de setembro de 1950 também em Bom Jesus com uma mínima de 2,7°C. 

O fenômeno foi novamente visto na primavera em 22 de setembro de 1980, em Bom Jesus, com temperature mínima de -1,9°C. No ano seguinte, em 1981, a neve precipitou no dia 30 de setembro em Bom Jesus com 2,4°C. Novamente, em 30 de setembro de 1981, quando a mínima foi de 2,4°C em Bom Jesus e também em São Joaquim com mínima de 0,3°C. 

Em 3 de outubro de 1999, nevou no Morro da Igreja, no Planalto Sul Catarinense. No dia 25 de setembro de 2000, já em plena primavera, nevou em Bom Jesus, Cambará do Sul e em São Joaquim. 

Depois, em 22 de setembro de 2008 nevou em São Joaquim com 1°C. De novo, em São Joaquim, no dia 25 de setembro de 2012. No dia seguinte, a neve voltou a cair em São José dos Ausentes, Bom Jesus e São Joaquim.Em 24 de setembro de 2013, a neve caiu em São Joaquim.

O meteorologista da MetSul Luiz Fernando Nachtigall destaca que a lista de eventos de neve na primavera é maior que a conhecida porque, pela ausência no passado de equipamentos de documentação visual como celulares, muitos episódios acabaram não entrando na estatística. Nachtigall observa que hoje há ainda um maior interesse pela Meteorologia e o fenômeno da neve. 

“As condições para a neve agora cessam com a chegada de ar mais seco de alta pressão, então nevar agora de novo, salvo uma monumental surpresa, apenas em 2023”, observou. “Vamos ter agora ê muita geada na região no amanhecer do sábado”, prevê. 

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios