Ciclone impulsiona ar seco e frio que trará amanhecer gelado

Uma massa de ar frio ingressou ontem no Rio Grande do Sul e derrubou a temperatura. O ar frio foi impulsionado por uma área de baixa pressão que deu origem a um ciclone extratropical sobre o Oceano Atlântico e que neste sábado estava a centenas de quilômetros a Sudeste do estado gaúcho e do Uruguai com pressão mínima central de 994 hPa e uma frente fria associada chegando ao Sudeste do Brasil com fraca atividade, as informações são da Metsul.

O ciclone extratropical foi responsável por deixar o dia ventoso em cidades do Sul e do Leste gaúcho. Várias cidades registraram vento moderado com rajadas por vezes fortes no ingresso da massa de ar frio, mas sem consequências maiores que pudessem interferir na rotina. Dados de estações meteorológicas indicaram rajadas de vento de 85 km/h no Chuí e 64 km/h em Torres. O Aeroporto Salgado Filho anotou rajadas em torno dos 60 km/h na madrugada de hoje.

Com a chegada do ar frio, a temperatura despencou após ter passado dos 33ºC na tarde da sexta e o sábado amanheceu muito frio a frio em todo o Rio Grande do Sul. A temperatura, inclusive, caiu abaixo de zero com registro de mínima ao amanhecer hoje de -1,7ºC em Pinheiro Machado, na Serra do Sudeste.

Os termômetros indicaram ainda no amanhecer deste sábado marcas de 0,1ºC em Quaraí, 0,4ºC em Tupanciretã, 1,7ºC em Vila Nova do Sul, 2,2ºC em Herval e São Sepé, 2,3ºC em Lavras do Sul e Livramento, 2,5ºC em Alegrete, 2,7ºC em Bagé, 2,8ºC em Júlio de Castilhos, 3,2ºC em Canguçu, Santiago e Uruguaiana, 3,3ºC em Cruz Alta, 3,4ºC em Pedras Altas, 3,5ºC em Aceguá, 3,6ºC em Encruzilhada do Sul e Caçapava do Sul, 3,7ºC em Cachoeira do Sul e 3,9ºC em São Gabriel.

Em muitas cidades, especialmente mais ao Nordeste do estado que começou o dia com muitas nuvens e até instabilidade, as mínimas ocorrem na noite deste sábado. Depois de uma tarde que foi bastante amena e em algumas localidades até fria para setembro, mesmo com o domínio do sol e o céu claro. As máximas em estações oficiais não passaram de 15ºC em vários municípios.

AMANHECER MUITO FRIO NESTE DOMINGO

O ciclone extratropical, que se distancia e não oferece riscos, como é normal a Oeste deste tipo de sistema, forma uma língua de ar muito seco que acompanha o ar frio. Que era visível na tarde deste sábado nas imagens de satélite com a atmosfera muito seca (em vermelho) sobre o Rio Grande do Sul.

O perfil muito seco da atmosfera, o vento calmo e o tempo muito aberto trarão a combinação ideal para resfriamento noturno muito acentuado na noite deste sábado nos territórios gaúcho e catarinense. Por isso, a temperatura vai cair de forma muito pronunciada, o que vai levar a uma madrugada gelada em muitas cidades.

Grande parte dos municípios do Rio Grande do Sul vai amanhecer com mínimas abaixo de 5ºC neste domingo e diversas localidades, em regiões serranas, terão mínimas negativas. O Planalto Sul Catarinense também terá marcas abaixo de zero. A região de São José dos Ausentes pode ter mínimas de até -3ºC ou -4ºC ao passo que na área de São Joaquim pode fazer ainda menos.

Em Porto Alegre, a temperatura mínima deste domingo deve ficar entre 6ºC e 7ºC nas estações do Jardim Botânico e do aeroporto, mas em alguns bairros cairá mais. É muito frio para o mês de setembro, considerando que a mínima média histórica mensal é de 13,3ºC. Em cidades da região metropolitana, os termômetros podem indicar até 3ºC ou 4ºC.

FORMAÇÃO DE GEADA

O frio do começo do domingo vai trazer geada em parte do Sul do Brasil. O fenômeno deve ser mais amplo no Rio Grande do Sul. Pode gear, inclusive, em pontos da área metropolitana de Porto Alegre. Em Santa Catarina, a geada deve afetar mais áreas de maior altitude e não tende a ser generalizada.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios