Servidor municipal é investigado após instalar câmera em banheiro de secretaria no RS

Um servidor municipal é investigado por suspeita de instalar uma câmera no banheiro do local de trabalho em Pelotas, no Sul do Rio Grande do Sul. Por meio de nota publicada nessa quinta-feira (11), a prefeitura comunicou o afastamento preventivo do funcionário e a abertura de um Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD) para apurar o caso.

Um boletim de ocorrência foi registrado na Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam). De acordo com a delegada responsável, Marcia Chiviakowsky, o equipamento estava fixado com fita plástica no ralo ao lado da pia de um dos sanitários unissex da Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (STT). O prédio fica na Rua Conde de Porto Alegre, nº 326-A, centro da cidade.

Colegas de trabalho do suspeito descobriram o episódio na última semana. A delegada informou que as gravações capturaram o rosto do servidor. O homem confessou os fatos, posteriormente, por meio de uma ligação telefônica. Imagens de ao menos duas vítimas já foram identificadas pela polícia. As funcionárias que localizaram a câmera também alegaram para a autoridade policial que vistoriaram os outros sanitários, mas não encontraram outros equipamentos instalados.

O homem deve responder por registro não autorizado da intimidade sexual. Ele será ouvido pela Polícia Civil na próxima semana. O nome dele não foi divulgado. Conforme a prefeitura, o homem iniciou a carreira de servidor público em 2018 e não havia registros anteriores sobre a conduta dele.

Fonte: Blogdojuares

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios