Mulher morre após vento soltar guarda-sol e cabo acertar seu peito como uma lança

Em uma cena digna de filme de terror, uma mulher de 63 anos morreu com o cabo de um guarda-sol cravado no peito na praia em Garden City, Carolina do Sul, Estados Unidos, na tarde desta quarta-feira.

De acordo com a polícia, Tammy Perreault, de 63 anos, tomava sol com dezenas de outras pessoas na areia quando uma forte ventaria arrancou um dos guarda-sóis e fez com que voasse alto, antes de cair como uma estaca, acertando diretamente no peito da idosa.

Tammy foi socorrida às presas pelos guarda-vidas do local, mas não resistiu aos ferimentos graves e à perda de sangue.

Amigos que a conheciam disseram que ela era uma pessoa doce e tranqüila e o que ocorreu foi uma fatalidade. O bar do Scott, que fica próximo à praia, fez uma postagem em homenagem a ela:

“Algumas coisas nunca conseguiremos entender, mas o que sabemos é que ninguém tem algo ruim a dizer sobre essa mulher. Ser tão doce quanto ela todos os dias deve ser uma meta para todos”, dizia a postagem.

Caso isolado? Nem tanto

Ao que tudo indica, acidentes com guarda-sóis não são tão estranhos como parecem. Um levantamento da Comissão de Segurança de Produtos de Consumo dos EUA mostra que houve cerca de 2.800 acidentes com lesões entre 2010 e 2018 naquele país e, coincidência ou não, a maioria dos pacientes atendidos nos setores de emergência eram mulheres com mais de 40 anos.

De acordo com o estudo, a lesão mais frequente é a laceração, seguida de contusão ou escoriações e lesões de órgãos internos. Grande parte dos pacientes teve lesões na cabeça ou nas extremidades superiores do corpo.

(Metro News)

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios