Fim de semana terá muita chuva em parte do Sul do Brasil

Chuva volumosa é esperada neste fim de semana em Santa Catarina e no Paraná. Os acumulados em diversas cidades devem passar dos 50 mm, o que caracteriza uma precipitação expressiva principalmente no território paranaense, onde o mês de agosto costuma ser menos chuvoso por conta da maior proximidade geográfica com o Centro do Brasil, que nesta época do ano tem o auge da estação seca, as informações são da Metsul.

Campo Mourão, por exemplo, tem em agosto o mês com menor média de chuva do ano com só 68,3 mm, muito abaixo dos 221,1 mm de janeiro, mês de maior média mensal de precipitação na cidade paranaense. Curitiba possui média mensal de precipitação em agosto de 81,5 mm, da mesma forma a menor entre todos os meses do calendário. Janeiro é o mês mais chuvoso com média de 226,3 mm.

Sucessivas áreas de instabilidade devem atuar entre Santa Catarina e o Paraná durante o sábado e o domingo, trazendo chuva para a maior parte dos municípios dos dois estados. Amanhã, a instabilidade se desloca inicialmente do Paraguai para o Oeste paranaense e, na sequência, vai atingir outras regiões do estado e se expandir para grande parte de Santa Catarina.

No domingo, o tempo segue instável com mais chuva nos dois estados. Chuva será generalizada em Santa Catarina e persistirá na grande maioria dos municípios paranaenses, porém, devem ocorrer alguns intervalos de melhoria com possibilidade de aberturas em cidades dos ambos estados no decorrer do dia.

A chuva em várias cidades caíra em alguns momentos com pancadas fortes a torrenciais. Devem ser esperados raios, uma vez que o avanço de ar mais quente deve acompanhar a instabilidade. Embora o risco maior seja chuva, não se pode descartar a possibilidade de alguns temporais de granizo em pontos isolados.

Os modelos numéricos analisados pela MetSul estão em razoável acordo sobre quais as áreas que devem ter os maiores volumes de chuva neste fim de semana. O mapa abaixo apresenta a projeção de chuva até o final do domingo do modelo meteorológico europeu ECMWF.

O modelo de alta resolução WRF 4 Km da MetSul apresenta cenário semelhante de chuva até o fim do domingo com os maiores acumulados no Centro, parte do Oeste e do Sul do Paraná e os maiores volumes em Santa Catarina no Norte, Oeste e Meio-Oeste catarinense com marcas até próximas ou acima de 100 mm isoladamente no Paraná.

Estes mapas de precipitação estão disponíveis para consulta pelo nosso assinante na seção de mapas da página com duas atualizações diárias, conforme o modelo escolhido para análise. A seção oferece ainda mais mapas de chuva de outros modelos, globais de maior escala e o regional WRF de alta resolução.

As áreas de instabilidade que avançarão neste fim de semana por Santa Catarina e o Paraná devem influenciar o tempo também no Rio Grande do Sul. Vão trazer aumento significativo da nebulosidade da tarde para a noite do sábado com chuva em pontos da Metade Norte gaúcha. O domingo ainda terá instabilidade em parte do estado gaúcho durante o dia.

O tempo, entretanto, não deve firmar e o Sul do Brasil terá mais uma chuva no Rio Grande do Sul, Santa Catarina e o Paraná entre segunda e quarta-feira, inclusive com elevados volumes em algumas áreas. Os maiores acumulados são esperados na primeira metade da semana que vem em setores mais a Leste da Região Sul.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios