Prepare-se para três dias seguidos com chuva e temporais, segundo a Metsul Meteorologia

Prepare-se para uma sequência de dias de chuva, umidade elevada e temporais. Esta quinta-feira será o primeiro de três dias seguidos de instabilidade no Rio Grande do Sul que vão trazer chuva e ainda temporais isolados com risco de granizo e vento forte em alguns pontos. A instabilidade, inicialmente, será resultado de uma frente quente. No terceiro dia, a chuva e os temporais decorrerão de uma frente fria.

Nesta quinta, a frente quente se forma e ganha força no território gaúcho com o avanço de ar mais quente de Norte que vai encontrar a massa de ar frio que foi responsável por um amanhecer gelado hoje com mínima de 3,6ºC negativos no interior (Pinheiro Machado) e de 4,2ºC na Grande Porto Alegre (Novo Hamburgo).

Com a frente quente, a instabilidade vai tomar conta do Rio Grande do Sul com chuva em todas as regiões, ao menos em parte do dia, e possibilidade de temporais localizados com chuva localmente forte, raios, rajadas de vento e, sobretudo, granizo.

Na sexta, o sistema quente segue atuando no Rio Grande do Sul e traz chuva para todas as áreas do Estado com períodos de melhoria, aberturas de sol e abafamento em parte do território gaúcho, notadamente na Metade Norte. Oeste, Centro e principalmente o Sul gaúcho serão as áreas com maior risco de chuva e temporais isolados, esperando-se aumento do risco de granizo nesta sexta-feira com o maior aporte de ar quente de Norte e aumento das taxas de instabilidade por corrente de jato em baixos níveis da atmosfera.

No sábado, a frente passa de quente para fria à medida que passa ser deslocada não mais por ar tropical e sim ar polar avançando de Sul. Por isso, todo o Rio Grande do Sul deve ter tempo instável no sábado com chuva que será moderada a forte em diferentes pontos e ainda com possibilidade de temporais localizados, desta vez com maior risco de vento forte isolado (vendavais).

A sequência de dias de tempo instável vai resultar em volumes de chuva próximos ou acima de 50 mm em muitos locais do Estado até sábado e alguns pontos podem se aproximar ou passar dos 100 mm no período. O mapa abaixo mostra a projeção de chuva do modelo meteorológico alemão Icon até 9h de domingo. Este e outros modelos podem ser consultados pelo assinante na nossa seção de mapas.

Com a alta umidade resultante da chuva e ainda o ingresso de ar mais quente após o frio de ontem e hoje que resfriou as superfícies, em muitos municípios do Rio Grande do Sul se verá nos próximos dias o fenômeno da condensação em superfícies com pisos, azulejos e vidros úmidos e molhados.

A tendência é o tempo melhorar no Rio Grande do Sul no domingo com o ingresso de uma massa de ar seco e frio de alta pressão atmosférica que vai não apenas garantir o retorno do sol como proporcionará acentuado declínio da temperatura. O centro de alta pressão vai migrar para o Sul do Brasil no começo da semana, favorecendo madrugadas frias e com geada em diversas cidades.

Informações Metsul.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios