Frente fria trará muito vento, temporais e o retorno do inverno

O fim de semana no Rio Grande do Sul tem temperatura alta e algumas cidades, inclusive, anotaram máximas acima dos 30ºC na tarde de ontem, como no Noroeste, mas o inverno está prestes a retornar a todo o estado gaúcho depois de um período de dez dias com marcas acima da média desta época do ano e com frio mais limitado ao Sul gaúcho, as informações são da Metsul.

A mudança do tempo ocorre entre amanhã e terça com a passagem de uma frente fria pelo território gaúcho. O sistema frontal trará chuva e risco de temporais isolados, além de provocar queda da temperatura. O tempo já muda nesta segunda-feira com aumento de nebulosidade em parte do Rio Grande do Sul e mais a Nordeste do Estado, o que inclui a Serra e a Grande Porto Alegre, a chuva deve chegar no começo da terça-feira.

A frente vai provocar chuva localmente forte e tempestades em diferentes pontos do Centro da Argentina e do Uruguai nesta segunda-feira com risco de temporais fortes a severos isolados. Ao mesmo tempo, ar mais quente estará ingressando no Sul do Brasil com uma condição pré-frontal de forte aquecimento acompanhado de vento Norte.

O sol aparece com nuvens em todas as regiões gaúchas nesta segunda-feira, mas vão ocorrer pancadas isoladas no Centro, Oeste e, sobretudo, no Sul gaúcho. No fim da tarde, a frente fria começa a ingressar pelo Oeste com chuva, raios e temporais isolados com risco de vendavais e granizo. A frente, então, avança rapidamente para o Noroeste, o Centro e o Sul do Estado até o fim do dia. A temperatura vai subir acentuadamente com calor à tarde em muitas cidades. As máximas vão ficar perto ou acima de 30ºC em diferentes pontos.

ALERTA DE VENTO NORTE

Alerta-se que pode ventar forte do quadrante Norte em várias cidades à medida que uma corrente de jato (vento) em baixos níveis da atmosfera precede o sistema frontal. Trata-se de um corredor de vento entre 1.000 e 1.500 metros de altitude que se origina na Bolívia e no Centro-Oeste do Brasil e que traz ar muito quente.

Mesmo rajadas intensas de vento seco e quente de Norte, próximas ou acima de 100 km/h, não são afastadas em alguns pontos com potencial de transtornos e danos, como queda de galhos ou árvores, além de cortes de luz isolados. Áreas como a de Santa Maria, encostas de serras em vales e cidades de maior altitude podem ter a ventania mais intensa de Norte com significativo aquecimento. Deve ventar forte ainda de Norte no Oeste catarinense e no Oeste paranaense, além de locais de maior altitude dos dois estados.

RISCO DE CHUVA FORTE E TEMPORAIS

Ao cruzar pelo Rio Grande do Sul entre amanhã e terça, a frente vai provocar chuva em todas as regiões gaúchas, mas, no geral, não são esperados altos volumes. Podem ocorrer pancadas fortes na chegada da frente, mas logo a precipitação atenua. Veja no mapa a projeção de chuva até 21h de terça do modelo WRF, disponível ao assinante na nossa seção de mapas.

Um dos riscos na passagem do sistema pelo Sul do Brasil é a ocorrência de temporais isolados de raios, vento e granizo à medida que o ar frio encontra ar muito quente na sua dianteira. Há risco de vendavais localizados e possibilidade de atividade tornádica pela interação da frente fria com a corrente de jato.

A frente pode trazer temporais ainda em Santa Catarina, parte do Paraná e do Sul do Mato Grosso do Sul, mas não terá maiores efeitos em quase todo o Sudeste e o Centro-Oeste do Brasil com a persistência do sol, baixa umidade do ar e grande amplitude térmica entre a noite e o dia.

ACENTUADO DECLÍNIO DA TEMPERATURA

O ar frio que acompanha a frente traz acentuado declínio da temperatura na terça-feira. O dia já começa frio em diversas cidades gaúchas na terça, mas as mínimas ocorrem à noite, no final do período, na grande maioria dos municípios. À noite, na terça, pode fazer até 5ºC no Sul do Rio Grande do Sul e 8ºC na Grande Porto Alegre após uma tarde fria em que as máximas devem ficar entre 12ºC e 14ºC na maioria dos municípios.

O amanhecer da quarta-feira vai ser muito frio em grande número de municípios gaúchos com marcas abaixo de 5ºC, o que vai favorecer a ocorrência de geada. Porto Alegre deve ter 6ºC a 7ºC e a área metropolitana 4ºC a 6ºC. Marcas negativas são esperadas em localidades de maior altitude como da Serra do Sudeste e nos Campos de Cima da Serra.

Não se trata de uma incursão de ar frio de forte intensidade e que rapidamente vai se afastar, permitindo o ingresso de ar mais quente já a partir da quarta-feira, embora as máximas não se elevem a padrões de calor e permaneçam amenas. O retorno do ar quente, ao encontrar a massa de ar frio, trará a chuva de volta na quinta com raios, pancadas isoladamente fortes e risco até de granizo localizado.

Receba as notícias da Studio via WhatsApp

Receba as notícias da Studio via Telegram

A Rádio Studio não se responsabiliza pelo uso indevido dos comentários para quaisquer que sejam os fins, feito por qualquer usuário, sendo de inteira responsabilidade desse as eventuais lesões a direito próprio ou de terceiros, causadas ou não por este uso inadequado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
error: Alert: Conteúdo Protegido

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios